Card image
Fórmula 2
Felipe Drugovich correrá na Fórmula 2 nesta temporada

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/01/2020
  • Atualizado: 03/01/2020 às 15:45
  • Por: Leonardo Marson

O automobilismo brasileiro terá um segundo representante na temporada 2020 da Fórmula 2. Felipe Drugovich foi anunciado na manhã desta sexta-feira (3) como novo piloto da MP Motorsport para a principal categoria de acesso à Fórmula 1. O piloto testou o carro do time cerca de um mês atrás, em Abu Dhabi, e fará sua estreia na categoria neste ano. O outro piloto do Brasil no grid será Pedro Piquet, que defenderá a Charouz.

Felipe Drugovich
Abu Dhabi (UAE), 4-7 DEC 2019 – Post season test F2 Series at Yas Marina Circuit. Felipe Drugovich #16 MP Motorsport. © 2019 Sebastiaan Rozendaal / Dutch Photo Agency

“Será um ano para aprender muito, já que por si só um Fórmula 2 é um carro com um motor bem mais potente. Em 2019 eram 620 hp’s contra os 380 hp’s do Fórmula 3 que eu guiei. Além disso, a Fórmula 2 agora passará a utilizar rodas de 18 polegadas, substituindo as de 13 polegadas que usava até agora. E isso vai mudar bastante o setup do carro”, diz Drugovich.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Em relação ao ano passado, o carro da Fórmula 2 contará com algumas mudanças. A principal delas é o aumento da potência do motor. Outra alteração diz respeito ao aumento do downforce. Na visão do piloto nascido em Maringá, no interior paranaense, esses fatores tornarão o trabalho de adaptação ao carro ainda mais importante, mas igualará novatos e veteranos.

LEIA MAIS:
Pedro Piquet corre a temporada da F2 pela Charouz

“Isso tornará o meu trabalho de adaptação ainda mais importante, mas, ao mesmo tempo, nivelará um pouco os pilotos recém-chegados como eu com os mais experientes na categoria, o que se aplica também às equipes. E isso certamente poderá me ajudar nesse ano de estreia na Fórmula 2”, segue Drugovich, que está feliz com a subida de categoria, já que correu na Fórmula 3 em 2019.

“Os testes com a MP Motorsport no início de dezembro passado em Abu Dhabi foram muito positivos. A equipe fez um bom progresso, mas o maior progresso logicamente foi meu, que pude ter meu primeiro contato com o carro. Gostei muito de pilotar um Fórmula 2, é um carro sensacional. Agora é esperar pelo início da temporada, que será muito importante para meu aprendizado e para o meu futuro”, completa Drugovich.

A programação da categoria prevê a realização de duas baterias de testes coletivos, uma em março, no Bahrein, e outra em abril, na Espanha. A temporada da Fórmula 2 começa no Bahrein entre os dias 20 e 22 de abril.