Card image
Formula 1
Verstappen puxa 1-2 da Red Bull no TL3 do GP de Abu Dhabi de F1

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 12/12/2020
  • Atualizado: 12/12/2020 às 9:13
  • Por: Leonardo Marson

Max Verstappen foi o piloto mais rápido do terceiro treino livre para o Grande Prêmio de Abu Dhabi, etapa de encerramento da temporada 2020 da Fórmula 1. Na sessão realizada na manhã deste sábado (12) no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos, o piloto da Red Bull registrou na melhor das suas voltas 1min36s734.

Max Verstappen
Verstappen bateu Albon por meio segundo. (Foto: Red Bull)

A segunda posição ficou com Alexander Albon, que acabou 0s501 atrás de seu companheiro de equipe. Daniel Ricciardo, com a Renault, ficou com a terceira colocação, sendo seguido por Esteban Ocon, com o outro carro do time francês. O grupo dos cinco melhores da atividade foi completado por Lando Norris, da McLaren.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Lewis Hamilton, já campeão de 2020, acabou a sessão com o sexto melhor tempo com a Mercedes, ficando à frente de Lance Stroll, sétimo com a Racing Point. Carlos Sainz, com a McLaren, foi o oitavo, ficando à frente de Valtteri Bottas, da Mercedes. Sergio Pérez, companheiro de Stroll na Racing Point, completou o top-10. Pietro Fittipaldi foi o 20º com a Haas.

LEIA MAIS:

Bottas lidera segundo treino livre da F1 em Abu Dhabi
Verstappen supera Bottas e lidera primeiro treino em Abu Dhabi
Confira a programação para o GP de Abu Dhabi de F1 e onde ver na TV

Ainda neste sábado haverá a classificação que definirá as posições de largada no circuito de Yas Marina, a partir das 10h, com transmissão dos canais Sportv. O Grande Prêmio de Abu Dhabi tem largada marcada para 10h10 de domingo (13), e será transmitido pela TV Globo, pelo portal GE.Globo e pela rádio Band News FM.

Confira como foi o treino

O último treino livre da temporada foi iniciado com temperatura de 24°C na região do circuito de Yas Marina, enquanto o asfalto tinha 37°C. Apesar disso, os boxes foram liberados, mas os pilotos não partiram à pista imediatamente. A explicação se dava exatamente pela temperatura, alta demais em relação ao que pilotos e equipes deverão encontrar na classificação.

O silêncio na pista de Yas Marina foi quebrado após longos 17 minutos, quando Nicholas Latifi deixou os boxes com a Williams. Na sequência, a Haas liberou Kevin Magnussen e Pietro Fittipaldi para a pista. O canadense foi quem marcou a primeira volta do dia, com 1min39s812, ficando à frente do brasileiro e do dinamarquês.

Antonio Giovinazzi se colocou na frente com a Alfa Romeo, mas logo foi batido por Valtteri Bottas, que cravou 1min38s034 com a Mercedes. Na sequência, Alexander Albon avançou para a primeira posição, marcando 1min37s536 com a Red Bull, sendo seguido por Lando Norris, que com pneus médios, ficou quatro décimos atrás do tailandês.

Lewis Hamilton pulou para a segunda posição com a Mercedes, ficando 0s025 atrás de Albon. Pouco depois, foi a vez de Max Verstappen se colocar na liderança da folha de tempos, cravando 1min37s175 no complemento da primeira metade da sessão. Pouco depois, a McLaren passou a trabalhar no carro de Norris.

Hamilton melhorou seu tempo e pulou para a segunda colocação, enquanto Verstappen baixou bastante sua marca, com 1min36s734. Restando 20 minutos para o encerramento da sessão, apenas os pilotos de Mercedes e Williams estavam na pista, com Bottas tomando a segunda posição, ainda 0s491 atrás do holandês da Red Bull. Na sequência, Hamilton retomou o segundo posto.

Restando 12 minutos para o final da sessão, quem surpreendia era George Russell, que vinha na sétima posição com a Williams. Na sequência, Norris se colocou na segunda posição com a McLaren, perdendo a posição para Daniel Ricciardo, da Renault, sendo seguido pelo companheiro de equipe, Esteban Ocon. Pietro Fittipaldi, por sua vez, avançou para 18º com a Haas.

Sergio Pérez se colocou em décimo nos cinco minutos finais, enquanto Verstappen anotou 1min36s251, melhorando ainda mais seu tempo. Já Albon pulou para a segunda posição, meio segundo atrás do companheiro de equipe. A sessão terminou com os dois Red Bull na frente, seguido por Ricciardo, da Renault.