Card image
Formula 1
Sob sigilo, Schumacher é levado para hospital em Paris

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 09/09/2019
  • Atualizado: 09/09/2019 às 19:12
  • Por: Leonardo Marson

O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher deu entrada nesta segunda-feira (9) ao Hospital Europeu Georges-Pompidou, em Paris, para realizar um tratamento que não foi revelado pela família do alemão. A informação foi revelada pelo jornal francês “Le Parisien”, dizendo que o ex-piloto será submetido a transfusões de células-tronco.

Michael Schumacher
Schumacher sofreu um acidente em 2013, e desde então pouco se sabe sobre suas condições de saúde. (Foto: Mercedes)

De acordo com a publicação, Schumacher chegou ao hospital às 15h45, pelo horário de Paris, em uma ambulância. O alemão foi coberto por um lençol azul que impedia que pessoas próximas enxergassem o ex-piloto de 50 anos. Dez pessoas faziam a segurança no local.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!

Ainda de acordo com o Le Parisien, o tratamento será realizado pelo médico Philippe Menasché, considerado o pioneiro em terapia celular contra insuficiência do coração. Gérard Saillant, médico particular do piloto, também está na equipe que atende o heptacampeão mundial.

LEIA MAIS:
GP da Itália rende melhor audiência para a Globo em sete anos
Leclerc segura Hamilton e Bottas e vence na Itália

Schumacher, que defendeu na Fórmula 1 as equipes Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes, sofreu um acidente em dezembro de 2013, enquanto esquiava na França. Desde então, pouco ou quase nada se sabe sobre o real estado de saúde do maior campeão da história da principal categoria do automobilismo mundial.