Card image
Formula 1
Sergio Pérez deixa a Racing Point ao final da temporada de 2020 da F1

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/09/2020
  • Atualizado: 09/09/2020 às 16:36
  • Por: Leonardo Marson

Sergio Pérez anunciou na tarde desta quarta-feira (9) que deixará a Racing Point ao final da atual temporada da Fórmula 1. Através de comunicado compartilhado no Twitter, o mexicano revelou que fará suas últimas corridas pela equipe dos carros cor-de-rosa nesta temporada.

Sergio Pérez
Pérez ficou por sete anos na Force India/Racing Point. (Foto: Racing Point)

Pérez ficou por sete anos na equipe, que antes da chegada de Lawrence Stroll e da troca de nome, se chamava Force India. Pela equipe, o mexicano conseguiu cinco pódios ao longo deste período, sempre com terceiros lugares, o último deles obtido no GP do Azerbaijão de 2018.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Na atual temporada, Pérez disputou apenas seis das oito corridas, ficando de fora dos GPs da Inglaterra e dos 70 anos por estar com Covid-19. O quinto lugar na Espanha é até o momento seu melhor resultado, mas o mexicano esteve nos pontos em todas as corridas.

LEIA MAIS:

Confira a programação para o GP da Toscana de Fórmula 1

A saída de Pérez faz os rumores de uma eventual chegada de Sebastian Vettel ao time, que passará a se chamar Aston Martin, aumentarem. O alemão faz neste ano sua última temporada pela Ferrari, mas ainda não decidiu o futuro para a temporada de 2021.

Confira o comunicado de Sergio Pérez:

Olá a todos:

Tudo tem sempre um começo e um final, e depois de sete anos juntos meu ciclo com a equipe chegará ao final ao término da temporada.

Pessoalmente dói, pois apostei muito na equipe em momentos mais difíceis. Consegui seguir em frente e me sinto orgulhoso de ter salvado o trabalho de muitos dos meus companheiros.

Fico com as lembranças dos grandes momentos que vivemos juntos, as amizades e a satisfação de sempre ter dado o meu melhor.

Serei sempre grato pela oportunidade que Vijay Mallya me deu, acreditando em mim em 2104, me permitindo continuar a carreira na Fórmula 1 com a Force India.

A atual administração, a cargo de Lawrence Stroll, desejo o melhor dos êxitos, em especial com o projeto da Aston Martin.

Não tenho um plano B, minha ideia é desde já continuar aqui, mas sempre com um projeto que me motive a seguir dando 100% em cada volta.

Agradeço a cada um de vocês que estiveram comigo durante estes dez anos. A minha família, que sempre esteve presente me apoiando nos bons e maus momentos.

A todos os meus patrocinadores que acreditaram em meu projeto, ao meu staff e, principalmente, a Deus, que me permitiu a oportunidade de viver esta incrível aventura chamada F1.

Espero dar boas notícias logo e, por enquanto, desfrutaremos juntos estas próximas corridas.