Card image
Formula 1
SBT negocia compra de direitos de transmissão da F1

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/09/2020
  • Atualizado: 11/09/2020 às 17:02
  • Por: Leonardo Marson

A Fórmula 1 poderá ter, em breve, uma nova casa para exibição das corridas na TV brasileira. De acordo com o site “Notícias da TV”, o SBT negocia com o Liberty Media para comprar os direitos de transmissão da principal categoria do automobilismo mundial a partir de 2021. O acordo, caso seja assinado, valerá apenas para TV aberta.

SBT
SBT nunca transmitiu a F1 em sua história. (Foto: LAT)

A categoria tem os GPs exibidos desde 1981 pela TV Globo. Porém, o grupo de comunicação da Família Marinho já manifestou que não renovará o contrato para transmissões das corridas após o término da atual temporada. A emissora carioca tentou reduzir o valor pedido pelo Liberty Media, mas não chegou a um acordo.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Segundo o site do jornalista especializado em celebridades Daniel Castro, o SBT passou a negociar os direitos através do vice-presidente da emissora, José Roberto Maciel. Outra publicação, o “Grande Prêmio”, afirma que além do grupo de Silvio Santos, a Band e a TV Cultura também negociam para terem as corridas da F1 em suas grades.

LEIA MAIS:

Bottas comanda 1-2 da Mercedes no TL2 em Mugello
F1: Aston Martin anuncia chegada de Sebastian Vettel para 2021

Nesta semana, o SBT assinou um acordo de transmissão da Copa Libertadores com a Conmebol, garantindo a transmissão dos jogos da competição sul-americana de futebol até 2022. O canal também mostra a Copa do Nordeste para aquela região, e o WWE. Recentemente, a emissora exibiu a decisão do Campeonato Carioca de futebol.

Caso consiga os direitos da Fórmula 1, será a segunda vez que o SBT transmitirá esporte a motor em sua grade. No final dos anos 1990 e início dos anos 2000, a emissora exibiu a CART World Series (Indy), que tinha narração de Téo José. O narrador, aliás, trocou os canais Fox Sports pelo SBT na quinta-feira, e será a voz da Libertadores no canal de Silvio Santos.

Na TV fechada, onde o Sportv, canal pertencente ao Grupo Globo, também deixará as transmissões, o Grupo Disney, proprietários dos canais ESPN e Fox Sports, monitora a situação dos direitos de transmissão.