Card image
Formula 1
Prefeito de São Paulo celebra impacto econômico da F1 na cidade

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/11/2021
  • Atualizado: 11/11/2021 às 2:10
  • Por: Leonardo Marson

O Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, que será realizado no Autódromo de Interlagos entre sexta-feira e domingo, terá um grande impacto na economia da capital paulista. É o que afirmou o Prefeito Ricardo Nunes, durante coletiva de imprensa promovida no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (10), ao lado do Governador de São Paulo, João Doria.

Ricardo Nunes
Ricardo Nunes participou de coletiva no Palácio dos Bandeirantes. (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

Segundo o prefeito paulistano, a etapa da mais importante categoria do automobilismo mundial terá um impacto de R$ 810 milhões na capital paulista. Serão 8.500 empregos temporários gerados graças a realização do GP de São Paulo de F1.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

“O mundo se encontra aqui. Todas as providências necessárias estão sendo tomadas, tanto pela Prefeitura como o Estado. Essa parceria solidifica e potencializa as ações”, disse Nunes, durante o evento na sede do governo paulista.

LEIA MAIS:

Confira a programação e onde ver na TV ao GP de São Paulo de F1
Band fica com quarto lugar na audiência com corrida da F1 no México
Verstappen toma liderança na largada e vence no México

Doria frisou que, pela primeira vez nos últimos dez anos, todos os ingressos foram vendidos para a etapa brasileira da Fórmula 1. Assim, são esperadas mais de 170 mil pessoas em Interlagos. Tudo isso gera o impacto financeiro na capital paulista.

“Segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas, o impacto financeiro e a geração de empregos são resultados diretos dos 170 mil ingressos vendidos antecipadamente pela primeira vez nos últimos 10 anos. Deste público, 77% são pessoas não residentes na Capital, o que faz do GP São Paulo o evento com maior público de turistas no calendário oficial da cidade”, disse Doria.

As atividades para o GP de São Paulo de Fórmula 1 serão abertas na sexta-feira, com um treino livre e a classificação. O sábado terá mais um ensaio e a Sprint Qualifying, enquanto o domingo será reservado para a corrida.

Comentários