Card image
Formula 1
Pérez comemora vitória em Baku, e lamenta abandono de Verstappen

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/06/2021
  • Atualizado: 06/06/2021 às 16:59
  • Por: Leonardo Marson

Sergio Pérez celebrou a vitória no Grande Prêmio do Azerbaijão, sexta etapa da temporada da Fórmula 1, disputado neste domingo (6) no circuito de Baku. O mexicano se manteve na maior parte do tempo na segunda colocação, mas herdou a liderança após Max Verstappen, seu companheiro de equipe, bater por conta de um pneu furado quando restavam cinco voltas para o final.

Sergio Pérez
Pérez foi o primeiro a ver a bandeira quadriculada em Baku. (Foto: Getty Images)

“Estou muito feliz por hoje. A corrida em Baku, normalmente, é muito louca. Primeiro de tudo, eu tenho que dizer que eu lamento por Max, pois ele fez uma corrida incrível e merecia a vitória, e seria incrível conquistar o 1-2 para a equipe. Mas, no fim, este é um fantástico dia para nós”, disse Pérez, logo após o final da corrida na capital azeri.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Estivemos bastante próximos de abandonar o carro, mas, por sorte, nós conseguimos terminar a corrida. Foi bastante difícil seguir até o final”, seguiu o piloto, que estacionou seu Red Bull na pista logo após vencer a corrida, não conseguindo levar o carro sequer aos boxes para estacioná-lo antes da festa do pódio.

LEIA MAIS:

Pérez vê Verstappen bater, Hamilton errar, e vence no Azerbaijão

Pérez foi, ao longo da corrida deste domingo, muito pressionado por Lewis Hamilton. O mexicano superou o piloto da Mercedes após deixar os boxes, na volta 14, mas viu o momento de maior pressão acontecer na relargada da volta 50, quando o inglês chegou a superá-lo, mas errou a freada da primeira curva e passou reto.

“Ele teve um ritmo forte durante a corrida. Acho que nós tivemos paradas um pouco lentas e, então, o overcut veio muito com ele muito próximo, mas ele pressionou apenas na primeira volta. Eu estava pressionado por ele desde o início. Então, na relargada, fui mal e ele estava do meu lado, mas eu disse ‘não vou perder’. Freei o mais tarde possível e ele também, mas não funcionou para ele”, completou Pérez.

A Fórmula 1 dá sequência à temporada 2021 no próximo dia 20 de junho, com a disputa do Grande Prêmio da França, em Paul Ricard.