Card image
Formula 1
Pérez coloca Red Bull na frente no TL2 para o GP dos Estados Unidos

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/10/2021
  • Atualizado: 22/10/2021 às 18:05
  • Por: Leonardo Marson

Sergio Pérez foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, 17ª etapa da temporada da Fórmula 1. Na sessão realizada no final da tarde desta sexta-feira (22) no Circuito das Américas, em Austin, o piloto da Red Bull registrou na melhor das suas voltas 1min34s946, usando os pneus macios.

Sergio Pérez
Pérez marcou o melhor tempo no complemento da primeira metade do treinamento. (Foto: Getty Images)

A segunda posição ficou com Lando Norris, piloto da McLaren que foi 0s257 mais lento em relação a Pérez. Lewis Hamilton terminou o treinamento com a terceira melhor marca, e foi seguido por Valtteri Bottas, seu companheiro de Mercedes e piloto mais veloz da primeira atividade do dia. O grupo dos cinco primeiros foi completado por Daniel Ricciardo, com a outra McLaren.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Lance Stroll colocou a Aston Martin na sexta posição do treinamento na capital do Texas, sendo seguido por Charles Leclerc, sétimo com a Ferrari. Max Verstappen não registrou voltas rápidas com os pneus macios e terminou a sessão em oitavo com a Red Bull. Carlos Sainz, da Ferrari, e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, completaram o grupo dos dez melhores.

LEIA MAIS:

Mercedes troca motor a combustão e Bottas perde cinco posições no grid em Austin
Bottas lidera 1-2 da Mercedes no primeiro treino nos Estados Unidos
F1 e NBA firmam parceria para promoção do GP dos Estados Unidos
Confira a programação e onde ver ao GP dos Estados Unidos de F1 na TV
Ricciardo pilotará carro de Dale Earnhardt na Nascar em Austin

A sessão ainda foi marcada por um lance pouco usual envolvendo Max Verstappen e Lewis Hamilton. Ainda no início do treino, os dois pilotos avançaram pela reta dos boxes lado a lado. O holandês, líder do campeonato, se irritou com a manobra e, após dar passagem ao heptacampeão, apontou o dedo médio e chamou o rival da Mercedes de “idiota estúpido”, via rádio.

As atividades da Fórmula 1 seguem neste sábado (23), com a realização do terceiro treino livre, a partir das 15h, e a classificação, às 18h. O BandSports mostra as duas atividades, enquanto a Band exibe a definição do grid. O Grande Prêmio dos Estados Unidos será disputado no domingo (24), a partir das 16h, com transmissão da Band e da rádio BandNews FM.

Confira como foi o treino

A segunda sessão de treinos livres no Circuito das Américas começou com temperatura um pouco mais quente, com 29°C e umidade em 53%. A pista ganhou nove graus em relação ao primeiro ensaio, e estava em 39°C no início da atividade. Logo que os boxes foram abertos, os pilotos partiram para a pista para iniciar suas atividades.

O primeiro a registrar tempo foi Antonio Giovinazzi, que cravou 1min38s355 com a Alfa Romeo. Logo depois, o italiano foi superado por Esteban Ocon, Kimi Räikkönen e Lance Stroll, até que Valtteri Bottas marcou 1min35s887 com a Mercedes equipada com pneus médios. Lewis Hamilton avançou para a segunda posição.

Sergio Pérez colocou a Red Bull na frente com o tempo de 1min35s883, também usando os compostos médios. Max Verstappen, por sua vez, pulou para o terceiro lugar. A diferença entre os quatro melhores no complemento do oitavo minuto da sessão era de 0s036. Pouco depois, Bottas retomou a liderança da sessão com 1min35s764.

Hamilton e Verstappen percorreram a reta dos boxes lado a lado pouco depois, com o holandês dando passagem ao inglês na curva 1, não sem reclamar. Pouco depois, Pérez recuperou a liderança ao marcar 1min35s716. Com 15 minutos de sessão, Lando Norris se colocou na quinta posição da tabela de tempos, também usando os compostos médios. Pouco depois, o inglês passou reto em uma das curvas.

Com 22 minutos de sessão, Lance Stroll, com os pneus macios, colocou a Aston Martin na frente ao marcar 1min35s561. Pouco depois, Bottas tomou a liderança com 1min35s360. O finlandês chegou a ser superado por Hamilton, mas o inglês perdeu a volta por sair do limite de pista. Charles Leclerc, por sua vez, pulou para a terceira posição.

No complemento da primeira metade da sessão, Pérez tomou a liderança com 1min34s946, usando os macios. Norris avançou para o segundo lugar, sendo seguido por Hamilton. Verstappen não chegou a abrir volta com os pneus macios, e retornou aos boxes. Com 23 minutos para o final da sessão, Nikita Mazepin reclamou de um piloto que deixava os boxes quando fazia volta rápida.

Verstappen partiu para a pista com pneus médios novos, mas logo retornou aos boxes sem tentar uma volta. Com 20 minutos para o final do treinamento, os pilotos passaram a trabalhar nas simulações de corrida, o que fez com que os tempos não baixassem mais. Nos dez minutos finais, apenas Stroll não estava na pista, o que mudou quatro minutos mais tarde.

Ainda houve tempo para que Fernando Alonso acertasse a barreira de pneus na curva 19, retornando aos boxes pouco depois. A sessão chegou ao final com Pérez na liderança, seguido por Norris e Hamilton. Verstappen foi apenas o oitavo.

Comentários