Card image
Formula 1
Ocon se torna primeiro piloto a terminar um GP sem pit stops em 24 anos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/10/2021
  • Atualizado: 11/10/2021 às 16:42
  • Por: Leonardo Marson

Esteban Ocon conseguiu um feito dos mais raros na Fórmula 1 atual: completou uma corrida inteira sem fazer a troca de pneus. O feito foi obtido no Grande Prêmio da Turquia, disputado no último domingo (10) em Istambul, em uma corrida disputada em sua totalidade com pista molhada. A atuação rendeu ao francês, piloto da Alpine, a décima posição, e mais um ponto no campeonato.

Esteban Ocon
Ocon terminou o GP da Turquia com os pneus muito desgastados. (Foto: Alpine)

O feito é dos mais difíceis atualmente por conta das atuais regras da Fórmula 1, que, em corridas realizadas com pista seca, obriga cada piloto a usar dois tipos de compostos de pneus por corrida, o que força um pit stop. Com pista molhada, porém, a regra cai, e foi desta forma que Ocon conseguiu completar o GP da Turquia.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

A última vez que um piloto completou um GP sem realizar pit stops em uma prova que não contou com bandeira vermelha foi em 1997. Mika Salo acabou o GP de Mônaco daquele ano em quinto, somando os últimos pontos da história da Tyrrell, depois de largar em 14º. O finlandês ainda perdeu um pedaço da asa dianteira no início da prova, após atingir detritos da McLaren de Mika Hakkinen.

Mika Salo
Mika Salo terminou o GP de Mônaco de 1997 na quinta posição, também sem trocar pneus. (Foto: divulgação)

Ainda é necessário lembrar que a Fórmula 1 teve um regulamento peculiar na temporada de 2005. Naquele ano, a categoria adotou como regra a proibição da troca de pneus, exceção feita a mudança de condição de pista ou furos de pneus. A regra, hoje vista como bizarra, foi alterada logo no ano seguinte, e jamais voltou a aparecer na categoria máxima do esporte a motor mundial.

LEIA MAIS:

Bottas vence GP da Turquia disputado com pista molhada
Bottas herda pole position na Turquia após Hamilton liderar classificação
Gasly lidera TL3 realizado com pista molhada na Turquia
Hamilton bate Leclerc e lidera segundo treino na Turquia
Hamilton lidera com sobras primeiro treino para o GP da Turquia

Naquele ano, houve um dos momentos mais vergonhosos da história da Fórmula 1. A Michelin, uma das fornecedoras de pneus naquela temporada ao lado da Bridgestone, orientou aos times que usavam seus compostos a não disputar o GP dos Estados Unidos, em Indianápolis. As equipes atenderam ao pedido e apenas seis carros participaram da prova, vencida por Michael Schumacher.

Comentários