Card image
Formula 1
Novo piloto da Haas, Nikita Mazepin posta vídeo assediando mulher

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/12/2020
  • Atualizado: 09/12/2020 às 17:26
  • Por: Leonardo Marson

Nikita Mazepin, piloto contratado pela Haas para a próxima temporada da Fórmula 1, se envolveu em uma polêmica nesta quarta-feira (9). O russo postou em suas redes sociais um vídeo em que assedia uma mulher enquanto está de carona em uma Ferrari de um amigo. A postagem marca o perfil da jovem no Instagram, que teve, sem consentimento, os seios acariciados pelo piloto.

Nikita Mazepin
Mazepin disputou a Fórmula 2 neste ano. (Foto: divulgação)

Horas depois, ao perceber a repercussão negativa do caso, o piloto apagou a postagem e publicou um pedido de desculpas a Haas e à Fórmula 1 pelo fato. Apesar disso, o piloto não se pronunciou pelo gesto feito com a mulher que o acompanhava.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Gostaria de me desculpar pelas minhas ações recentes em termos de comportamento inapropriado da minha parte e o fato disso ter sido publicado nas redes sociais. Peço desculpas pela ofensa que causei e o constrangimento que trouxe à Haas”, escreveu Mazepin.

LEIA MAIS:

Mazepin é punido e Drugovich herda pódio na Fórmula 2

A Haas se manifestou nesta manhã sobre o caso. “A Haas não apoia o comportamento de Nikita Mazepin em um vídeo publicado recentemente em suas redes sociais. Adicionalmente, o fato de o vídeo ter sido publicado nas redes sociais é considerado abominável pela equipe”, disse a equipe.

No Twitter, a hashtag “We sey no to Mazepin” (Nós dizemos não a Mazepin) esteve entre as mais comentadas nesta manhã. Os usuários do microblog reclamavam que o pedido de desculpas do russo não era suficiente, e criticavam a Haas por tratar o assunto internamente.

Mazepin tem se envolvido em polêmicas dentro e fora das pistas. Recentemente, o piloto “comemorou” o fato de, supostamente, “uma pessoa ter comido um morcego”, celebrando o “aniversário do Covid-19”. No último final de semana, Nikita foi punido na Fórmula 2 por empurrar Felipe Drugovich e Yuki Tsunoda para fora da pista.