Card image
Formula 1
Montezemolo explica escolha por Alonso a Vettel no fim dos anos 2000

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 06/04/2020
  • Atualizado: 06/04/2020 às 13:36
  • Por: Leonardo Marson

Ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo revelou o motivo que fez a equipe italiana optar por contratar Fernando Alonso a Sebastian Vettel no final dos anos 2000 na Fórmula 1. O ex-dirigente comentou que Michael Schumacher, que conquistou cinco de seus sete títulos pelo time, tentou interceder em favor do compatriota, mas, ainda assim, o time preferiu o espanhol.

Ferrari
Alonso estreou na Ferrari em 2010, na Austrália. (Foto: Scuderia Ferrari)

Em 2008, Alonso estava em sua segunda passagem pela Renault, time pelo qual venceu os campeonatos de 2005 e 2006 em cima de Schumacher. Vettel, por sua vez, defendia a Toro Rosso, e vencera o GP da Itália daquele ano, tornando-se candidato a uma vaga na Red Bull, o que aconteceu, rendendo ao alemão seus quatro títulos mundiais.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Schumacher tentou de todas as formas nos convencer a contratar Vettel antes de ele dar o salto da Toro Rosso para a Red Bull, mas na época ainda o víamos como imaturo e, preferimos Alonso” disse Montezemolo, em entrevista para a emissora de TV inglesa Sky Sports.

LEIA MAIS:
Bernie Ecclestone será pai aos 89 anos

“Excluindo certos aspectos de seu personagem, Fernando teve grandes vitórias conosco e perdeu dois títulos na última corrida”, seguiu o ex-dirigente, que lembrou das campanhas que o espanhol teve em 2010 e 2012, quando foi vice-campeão perdendo os títulos nos GPs de Abu Dhabi e do Brasil, respectivamente.

Alonso acabou contratado pela Ferrari em 2010, e permaneceu no time vermelho até o final de 2014, quando foi substituído justamente por Vettel, que permanece na equipe italiana até os dias atuais. O espanhol, por sua vez, passou quatro temporadas na McLaren, deixando a Fórmula 1 em 2018.