Card image
Formula 1
McLaren planeja hipotecar carros históricos para arrecadar fundos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/05/2020
  • Atualizado: 15/05/2020 às 16:06
  • Por: Leonardo Marson

A McLaren segue passando por dificuldades provocadas pela pandemia de coronavírus, e segue em busca de arrecadar fundos para poder passar por este período. De acordo com a emissora de TV inglesa Sky Sports, o grupo considera hipotecar uma coleção de carros históricos de Fórmula 1 e a sede, localizada na cidade de Woking, na Inglaterra. A operação renderia 275 milhões de libras, o equivalente a dois milhões de reais.

McLaren
McLaren passa dificuldades com a pandemia de coronavírus. (Foto: McLaren)

Segundo a Sky News, a estratégia para arrecadar fundos desta forma foi pensada de maneira conjunta entre McLaren e a empresa de consultoria JP Morgan. Ela teria surgido após a fabricante de carros de luxo não ter conseguido aval do governo britânico para um empréstimo de 150 milhões de libras.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Entre os carros que estão na coleção da McLaren, incluindo alguns modelos pilotados por Ayrton Senna, Niki Lauda, Mika Hakkinen e Lewis Hamilton. Modelos de luxo, como o McLaren F1, também estão no acervo da fabricante. Avalia-se que o valor total dos carros varie entre 200 e 250 milhões de libras.

LEIA MAIS:

Confira como está o grid da Fórmula 1 para 2021
Renault se despede de Ricciardo sem agradecimento
Ferrari pode iniciar 2021 sem titulares campeões do mundo
Ferrari anuncia contratação de Sainz por duas temporadas
McLaren anuncia Ricciardo para o lugar de Sainz a partir de 2021
McLaren agradece Sainz e deseja sorte ao espanhol na Ferrari

Caso use desta estratégia, a McLaren repetirá algo feito pela Williams, que fez um empréstimo com o empresário canadense Michael Latifi, pai do piloto Nicholas Latifi e acionista da equipe laranja e azul. Assim como o time de Woking planeja fazer, a esquadra de Grove colocou a coleção de mais de cem carros e a fábrica como garantia.