Card image
Formula 1
Leclerc bate Ferrari de Niki Lauda após falha em freios

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 16/05/2022
  • Atualizado: 16/05/2022 às 15:56
  • Por: Ana Oliveira

Charles Leclerc continua vítima da “maldição” das corridas em casa. O piloto da Ferrari bateu o monoposto que Niki Lauda utilizou na temporada de 1974 durante o GP Histórico de Mônaco, exibição de carros históricos que acontece no principado alguns dias antes do GP de Fórmula 1.

Disco de freio quebrado foi flagrado por fotógrafo antes de batida. Foto: Motosport

Leclerc perdeu a traseira do carro na Rascasse, uma das últimas curvas do traçado. Logo após o incidente, o atual líder do campeonato da F1 tratou de deixar claro que não foi um erro humano: “Eu perdi os freios! Eu freei, o pedal estava duro e foi parar no assoalho. Tive sorte que aconteceu naquele momento, porque se fosse em outro lugar, não seria bom… O problema é que me assustei.”, declarou o piloto.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Em uma fotografia divulgada pelo site Motorsport.com, é possível ver que um disco de freio está totalmente quebrado após ter se soltado do carro, gerando uma falha total do freio dianteiro esquerdo, pegando Leclerc de surpresa durante a curva.

LEIA MAIS:
Nyck DeVries fará treino livre 1 em Barcelona com a Williams

O modelo pilotado por Charles Leclerc é o 312B3, carro que Lauda comandou durante seu primeiro ano na escuderia italiana. O carro venceu as etapas da Espanha e da Holanda e garantiu ao piloto austríaco o quarto lugar no campeonato daquele ano.

Comentários