Card image
Competições
Hamilton voa no Q3 e garante a pole em Abu Dhabi

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 30/11/2019
  • Atualizado: 30/11/2019 às 12:13
  • Por: Leonardo Marson

Lewis Hamilton conquistou neste sábado (30) a pole position para o Grande Prêmio de Abu Dhabi, etapa de encerramento da temporada 2019 da Fórmula 1. Na fase final da classificação realizada no circuito de Yas Marina, o piloto da Mercedes marcou 1min34s779, quebrando um jejum de posições de honra que durava desde o GP da Alemanha deste ano. É a quinta pole do inglês no traçado emiratense, e a 88ª da carreira.

Lewis Hamilton
Hamilton conquistou sua 88ª pole position na carreira. (Foto: Mercedes)

A segunda posição no grid ficou com Max Verstappen, piloto da Red Bull que acabou a sessão 0s360 distante do tempo de Hamilton. O holandês herdou a posição por conta da punição contra Valtteri Bottas, segundo na pista, mas que largará da última posição por troca de motor. Charles Leclerc largará da terceira posição, dividindo a segunda fila com seu companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Alexander Albon partirá da quinta posição com a Red Bull, enquanto Lando Norris colocou a McLaren em sexto. Daniel Ricciardo, que deu apenas uma volta rápida na rodada final da classificação, começará a corrida em Yas Marina em sétimo com a Renault, enquanto Carlos Sainz partirá em oitavo com a outra McLaren. Nico Hülkenberg, da Renault, e Sergio Pérez, da Racing Point, fecham as dez primeiras posições.

LEIA MAIS:
Verstappen bate Hamilton no final e lidera TL3 em Abu Dhabi

O Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1 será disputado neste domingo (1), a partir das 10h10, e contará com transmissão ao vivo da TV Globo, do portal GloboEsporte.com e da rádio Band News FM.

Confira como foi a classificação

Q1
A sessão classificatória foi aberta às 10h, pelo horário de Brasília, com 26°C de temperatura ambiente e 31°C de temperatura na pista. Depois de alguns instantes, Alexander Albon foi o primeiro a deixar os boxes com a Red Bull, sendo seguido por outros pilotos. O tailandês foi também o primeiro a completar uma volta na sessão, com 1min37s699, usando os pneus macios.

Kimi Räikkönen apareceu na segunda posição com a Alfa Romeo, mas logo foi batido por Sergio Pérez, piloto da Racing Point que ficou 0s386 atrás de Albon. Max Verstappen tomou a primeira posição com 1min36s390, enquanto Charles Leclerc, da Ferrari, apareceu em segundo, depois de perder muito tempo no terceiro setor. Lewis Hamilton marcou 1min36s231 com a Mercedes, enquanto Sebastian Vettel rodou na última curva.

Valtteri Bottas se colocou na terceira posição com a Mercedes, enquanto Vettel avançou para a quinta posição com a Ferrari. A sessão entrou nos cinco minutos finais com Kimi Räikkönen, Romain Grosjean, George Russell, Antonio Giovinazzi e Robert Kubica entre os pilotos que estavam fora da zona de classificação para a segunda rodada da definição das posições de largada.

Bottas tomou a liderança da sessão, mas logo viu Hamilton melhorar ainda mais o tempo, cravando 1min35s851. Nos boxes, a Toro Rosso liberou Pierre Gasly para a pista no momento em que Grosjean deixava o pit lane. O francês da Haas precisou desviar para não causar um acidente nos boxes. Os comissários avisaram que investigarão o lance depois da classificação.

A sessão chegou aos instantes finais com Albon avançando para a segunda posição, enquanto os eliminados foram os mesmos dos cinco minutos finais, com Grosjean, Giovinazzi, Räikkönen, Russell e Kubica ficando de fora.

Q2
A segunda rodada da classificação começou com os pilotos partindo à pista momentos depois de alguns instantes. Albon foi o primeiro a marcar tempo, com 1min36s718, usando pneus médios. Hamilton logo superou o tailandês com 1min35s634, também com os compostos de faixa amarela. Daniil Kvyat avançou para a quarta posição com a Toro Rosso, caindo um posto após Verstappen fazer o segundo tempo.

Vettel pulou para segunda posição, mas acabou superado por Leclerc na sequência. As duas Ferraris foram à pista com os pneus macios. Bottas, que está punido por troca de motor e terá de largar da última colocação, foi para sua volta rápida restando seis minutos para o final do Q2, ficando com o segundo tempo, apenas 0s040 atrás de Hamilton, usando pneus médios.

A sessão foi para o final com os pilotos das equipes menores buscando a classificação para a rodada decisiva da classificação. Lance Stroll se colocou em décimo, mas logo foi batido por Pierre Gasly. O francês também acabou superado por Norris, enquanto Hülkenberg se garantiu ao desbancar Pérez. Leclerc conseguiu o melhor tempo com 1min35s543, usando pneus médios. Os eliminados foram Pérez, Gasly, Stroll, Kvyat e Magnussen.

Q3
A rodada final da classificação teve os pilotos indo à pista após quase dois minutos da liberação da pista. Hülkenberg foi o primeiro a marcar tempo, sendo batido por Norris e Sainz na sequência. Hamilton tomou a ponta com 1min34s828, marca 0s360 melhor que a de Bottas, enquanto Leclerc fez o terceiro tempo, sendo seguido por Vettel. Verstappen, então, avançou para segundo. Ricciardo optou por não sair para a pista imediatamente.

Os pilotos, então, foram aos boxes por alguns instantes, e retornaram com pneus novos. Ricciardo foi para uma única volta e pulou para a sétima posição, enquanto Leclerc não conseguiu abrir volta. Hamilton melhorou para 1min34s779, enquanto Bottas foi o segundo, seguido por Verstappen.