Card image
Formula 1
Hamilton diz que Mercedes não evoluiu durante classificação em Austin

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 23/10/2021
  • Atualizado: 23/10/2021 às 23:26
  • Por: Leonardo Marson

Lewis Hamilton disse que o carro da Mercedes não evoluiu durante a classificação para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, 17ª etapa da Fórmula 1. Apesar disso, o piloto se disse feliz com a última volta feita no Q3 no Circuito das Américas, em Austin, que quase lhe rendeu a pole position. O piloto largará da segunda posição, após ser superado por Max Verstappen.

Lewis Hamilton
Hamilton ficou muito perto da pole position em Austin. (Foto: LAT)

Hamilton não esteve na frente em momento algum do final de semana, como ocorreu com seu rival na disputa pelo título. Porém, no final do Q3, o inglês acertou grande volta para ficar com a pole position provisória. Instantes depois, o heptacampeão do mundo viu o holandês da Red Bull superar seu tempo e ficar com a posição de honra. Na entrevista pós-classificação, o piloto agradeceu ao público e falou sobre a sessão.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

“Primeiramente eu quero agradecer a todos que estão aqui. Nós temos uma grande multidão neste final de semana. Cada vez que viemos a Austin nós sempre temos este público incrível e, felizmente, um clima muito bom. Nós somos gratos por isso”, disse Hamilton, antes de falar sobre a classificação, admitindo que a Mercedes perdeu desempenho durante a sessão.

LEIA MAIS:

Verstappen bate Hamilton e fatura pole para o GP dos Estados Unidos
Pérez vê Verstappen e Hamilton terem voltas excluídas e lidera TL3 em Austin
Pérez coloca Red Bull na frente no TL2 para o GP dos Estados Unidos
Bottas lidera 1-2 da Mercedes no primeiro treino nos Estados Unidos

“Dei tudo o que podia hoje. Briguei um pouco durante a classificação. Eu acho que do Q1 em diante nós regredimos um pouco, e os caras foram incrivelmente rápidos durante a classificação. Estava feliz com a minha última volta”, seguiu Hamilton, dizendo que há poucas coisas para evoluir no carro, e destacando que a disputa vai ser das melhores na largada.

“Claro que sempre há áreas onde você pode melhorar, mas eu acho que foi praticamente tudo o que nós tínhamos. Então, nós vamos trabalhar o máximo que pudermos para amanhã. É uma boa posição para amanhã e espero que seja uma boa disputa até a curva 1. A ideia é vencer e dar a melhor corrida que eles já viram”, completou Hamilton.

O Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 será disputado neste domingo (24), a partir das 16h. A Band e a rádio BandNews FM transmitem a corrida ao vivo.

Comentários