Card image
Formula 1
Hamilton admite melhor ritmo de Verstappen em Interlagos

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 17/11/2019
  • Atualizado: 17/11/2019 às 20:55
  • Por: Leonardo Marson

Lewis Hamilton disse que não conseguiria superar Max Verstappen neste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, local que recebeu o Grande Prêmio do Brasil, penúltima etapa da temporada 2019 da Fórmula 1. O piloto da Mercedes tentou atacar o holandês da Red Bull de todas as formas no circuito localizado na zona sul de São Paulo (SP), mas viu o rival manter a liderança. Posteriormente, o hexacampeão mundial foi punido por um toque em Alexander Albon, e despencou para sétimo na classificação.

Lewis Hamilton
Hamilton conversou com Rubens Barrichello após a corrida. (Foto: F1)

“O Max [Verstappen] estava imbatível hoje. Eu conseguia me aproximar nas curvas, mas ele era mais rápido nas retas. Não havia mais nada que pudéssemos fazer”, disse Hamilton, logo após a corrida, e antes de a punição de cinco segundos no tempo final de prova ser aplicada.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Hamilton teve outro duelo nas voltas finais. Após o acidente entre Sebastian Vettel e Charles Leclerc, que bateram na 66ª volta, o inglês foi aos boxes e retornou na quarta posição, tomando o terceiro posto de Pierre Gasly antes de atacar Alexander Albon, com quem se tocou, permitindo a ultrapassagem do francês da Toro Rosso. Na volta final, Hamilton tentou superar o rival, sem sucesso.

LEIA MAIS:
Verstappen vence GP do Brasil maluco em Interlagos

“A disputa final foi empolgante, Gasly fez um grande trabalho. Na minha disputa com o Albon, eu vi um espaço e por isso ataquei. Corri com o coração, dei tudo de mim, mesmo com o título assegurado”, completou Hamilton, que correu em Interlagos já com o título conquistado.