Card image
Formula 1
Haas opta por manter Mazepin como titular para 2021

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 23/12/2020
  • Atualizado: 23/12/2020 às 16:56
  • Por: Leonardo Marson

A Haas anunciou nesta quarta-feira (23) que manterá Nikita Mazepin como piloto titular da equipe na próxima temporada da Fórmula 1. O piloto, que teve a contratação revelada no início de dezembro, postou um vídeo em seu Instagram onde assedia sexualmente uma modelo durante um passeio de carro com um amigo.

Nikita Mazepin
Mazepin fará sua estreia na F1 em 2021. (Foto: Haas)

A equipe americana, que alega ter tratado internamente o caso de seu novo piloto, optou por seguir com Mazepin como dono de uma das vagas para o campeonato do ano que vem. Assim, o russo será companheiro de equipe de Mick Schumacher, também vindo da Fórmula 2, categoria de acesso à F1.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“A Haas gostaria de reafirmar que Nikita Mazepin e Mick Schumacher vão formar a dupla de pilotos para a temporada 2021 da Fórmula 1. Como em comunicado anterior, as ações foram tratadas internamente e nenhum novo comentário será feito”, disse a equipe, através de comunicado.

LEIA MAIS:

Novo piloto da Haas, Nikita Mazepin posta vídeo assediando mulher

Mazepin possui um histórico de confusões nas categorias de base. Agrediu Callum Ilott quando os dois disputavam a Fórmula 3, pediu um nudes (foto nua) a uma mulher que pediu ingressos de graça para um Grande Prêmio de F1. O piloto, mais recentemente, foi punido por bloquear agressivamente Yuki Tsunoda e Felipe Drugovich numa corrida da Fórmula 2.

O piloto é filho de Dmitry Mazepin, empresário russo que é acionista e presidente da fábrica de produtos químicos e fertilizantes Uralchem. Estima-se que o empresário aporta 40 milhões de dólares para que a Haas garanta uma vaga no grid da principal categoria do automobilismo mundial a Nikita.