Card image
Formula 1
Fórmula 1 adia GPs da Austrália e da China

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 12/01/2021
  • Atualizado: 12/01/2021 às 10:38
  • Por: Leonardo Marson

A Fórmula 1 anunciou nesta terça-feira (12) os adiamentos dos Grandes Prêmios da Austrália, prova que abriria a temporada de 2021, e da China. As mudanças acontecem por conta da pandemia de Covid-19, que tem aumentado os casos em todo o planeta. Assim, haverá mudanças no calendário do mais importante campeonato do automobilismo mundial.

Fórmula 1
GP da Austrália, que abriria a temporada, foi transferido para novembro. (Foto: Ferrari)

A prova na Austrália, marcada para o circuito de Albert Park, em Melbourne, estava prevista para ser disputada no dia 21 de março. A corrida agora está marcada para 21 de novembro. A nova data da rodada australiana implica na abertura da temporada uma semana depois, em 28 de março, com o GP do Bahrein, em Sakhir.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

A mudança de data do GP da Austrália ainda terá uma segunda consequência no calendário da Fórmula 1. O Grande Prêmio do Brasil, que estava marcado para o dia 14 de novembro, foi antecipado em uma semana, e será disputado no dia 7 do mesmo mês. Desta forma, as etapas em Interlagos e em Melbourne passam a ser separadas por duas semanas.

LEIA MAIS:

Renault anuncia saída de Cyril Abiteboul da montadora
Lando Norris testa positivo para Covid-19 durante férias em Dubai
Fora da Fórmula 1, Albon disputará o DTM em 2021

O GP da China, por sua vez, também foi adiado, mas não tem uma nova data confirmada pela organização do campeonato. A corrida estava marcada para o dia 11 de abril. Sem a prova em Xangai, a categoria anunciou a realização do GP da Emilia Romagna, marcado para Ímola, na Itália, em 18 de abril. Uma etapa prevista para 2 de maio segue sem sede definida.

Confira como está o calendário da Fórmula 1 para a temporada de 2021:

28 de março – GP do Bahrein (Sakhir)
18 de abril – GP da Emilia Romagna (Ímola)
2 de maio – a confirmar
9 de maio – GP da Espanha – Barcelona
23 de maio – GP de Mônaco – Monte Carlo
6 de junho – GP do Azerbaijão – Baku
13 de junho – GP do Canadá – Montreal
27 de junho – GP da França – Paul Ricard
4 de julho – GP da Áustria – Red Bull Ring
18 de julho – GP da Inglaterra – Silverstone
1 de agosto – GP da Hungria – Hungaroring
29 de agosto – GP da Bélgica – Spa-Francorchamps
5 de setembro – GP da Holanda – Zandvoort
12 de setembro – GP da Itália – Monza
26 de setembro – GP da Rússia – Sochi
3 de outubro – GP de Singapura – Marina Bay
10 de outubro – GP do Japão – Suzuka
24 de outubro – GP dos Estados Unidos – Austin
31 de outubro – GP do México – Hermanos Rodríguez
7 de novembro – GP do Brasil – Interlagos
21 de novembro – GP da Austrália (Melbourne)
28 de novembro – GP da Arábia Saudita – Jeddah
5 de dezembro – GP de Abu Dhabi – Yas Marina