Card image
Formula 1
Ferrari mostra o SF1000 em evento na Itália

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/02/2020
  • Atualizado: 11/02/2020 às 16:42
  • Por: Leonardo Marson

A Ferrari apresentou na tarde desta terça-feira (11) o SF1000, carro para a temporada 2020 da Fórmula 1. O evento aconteceu no Teatro Romolo Valli, em Reggio Emilia, na Itália, e contou com a participação dos pilotos Charles Leclerc e Sebastian Vettel, do chefe de equipe Mattia Binotto, e de CEO do time baseado em Maranello, Matteo Camilleri.

O nome faz menção aos mil GPs disputados pela equipe italiana na história da Fórmula 1. A Ferrari alcançará esta marca durante a atual temporada. O modelo mantém o vermelho fosco apresentado em 2019, mas tem algumas mudanças em detalhes. A cor preta, que aparecia com destaque na barbatana traseira do modelo do ano passado, só é notada agora pelo patrocínio da Misson Winnow.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

A fonte que identifica os números dos carros de Vettel e Leclerc também sofreu alterações, enquanto as marcas dos principais patrocinadores da equipe: Shell, RayBan e a supracitada Mission Winnow. Tecnicamente, a grande mudança é a adoção de apêndices aerodinâmicos colocadas próxima a entrada de ar do motor. Já a asa dianteira segue semelhante a utilizada no ano passado.

LEIA MAIS:
Mercedes mostra primeiras imagens do novo W11
Haas se adianta e mostra imagens do VF-20

Com o SF1000, a Ferrari tentará encerrar um jejum de títulos mundiais que dura desde a temporada de 2007, quando Kimi Räikkönen se tornou campeão do mundo. Depois disso, a equipe italiana ficou próxima de ser campeã com Felipe Massa, em 2008, e com Fernando Alonso, em 2012. Segunda força nos últimos anos, o time ainda não consegue se mostrar uma ameaça em termos de título à Mercedes.

A Ferrari é a primeira equipe a apresentar o carro para a temporada 2020 da Fórmula 1, mas é a terceira a divulgar imagens de seu modelo. Na semana passada, a Haas exibiu o layout do VF-20 para o campeonato deste ano, em atitude seguida pela Mercedes, que fez a mesma coisa na última segunda-feira.