Card image
Formula 1
F1 anuncia acordo para realizar o GP da China até 2025

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/11/2021
  • Atualizado: 06/11/2021 às 11:24
  • Por: Leonardo Marson

A Fórmula 1 anunciou no final da noite desta sexta-feira (5) a renovação de contrato com o Grande Prêmio da China, corrida que é realizada no circuito de Xangai, até 2025. O acordo passa a ser válido a partir de 2023, já que a pista, que não recebe a categoria desde 2019 por conta da pandemia de Covid-19, não entrou no calendário do ano que vem.

GP da China
A China não recebe a F1 desde 2019. (Foto: LAT)

“Esta é uma grande notícia para todos os nossos fãs na China e estamos orgulhosos em anunciar este acordo para correr em Xangai até 2025. Nossa parceria com os promotores é incrivelmente forte e estamos ansiosos para continuar nossa parceria de longa data”, disse Stefano Domenicali, presidente e diretor executivo da Fórmula 1.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

“Enquanto nós estamos decepcionados em não conseguir incluir a China no calendário de 2022 por conta das condições da pandemia global, o país vai voltar ao calendário assim que as condições permitirem e estamos ansiosos para voltarmos assim que possível”, completou o principal dirigente da categoria máxima do esporte a motor mundial.

LEIA MAIS:

Verstappen comanda segundo treino para o GP da Cidade do México
Bottas lidera primeiro treino da F1 na Cidade do México
Confira a programação e onde ver o GP da Cidade do México de F1 na TV

A China passou a receber a Fórmula 1 em 2004, e seguiu de forma ininterrupta no calendário até 2019. Por conta da pandemia, que teve como epicentro a cidade de Wuhan, o país asiático ficou fora do cronograma de provas de 2020 e 2021. Ainda por conta disso, Xangai também não receberá corridas na próxima temporada.

Comentários