Card image
Formula 1
F1 2021 repete número de vencedores de 2009 após triunfo de Bottas

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/10/2021
  • Atualizado: 13/10/2021 às 13:11
  • Por: Leonardo Marson

A vitória de Valtteri Bottas no Grande Prêmio da Turquia, obtida no último domingo (10) em Istambul, fez com que a temporada da Fórmula 1 chegasse em um número que não era atingido desde 2009. O finlandês se tornou o sexto piloto a vencer uma corrida no campeonato de 2021. É a 12ª vez que um campeonato alcança seis pilotos vitoriosos no um ano.

Valtteri Bottas
Bottas foi o sexto piloto a vencer no ano, juntando-se a Hamilton, Verstappen, Pérez, Ocon e Ricciardo. (Foto: LAT)

Bottas se junta ao grupo de pilotos que já contava com Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes, Max Verstappen e Sergio Pérez, pilotos da Red Bull, Esteban Ocon, da Alpine, e Daniel Ricciardo, da McLaren. O finlandês, sexto vencedor do ano, alcançou seu triunfo na 16ª corrida, o que significa que o número foi atingido com mais corridas do que em 2009.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

No ano em que Jenson Button saiu campeão com a Brawn GP, foram necessárias 12 corridas para que o campeonato chegasse em seis pilotos com pelo menos uma vitória. Além do inglês, venceram corridas em 2009 Rubens Barrichello, companheiro de equipe de Button, Sebastian Vettel e Mark Webber, ambos da Red Bull, Lewis Hamilton, da McLaren, e Kimi Räikkönen, da Ferrari.

LEIA MAIS:

Van der Merwe deve perder últimos GPs por não se vacinar contra Covid-19
Ocon se torna primeiro piloto a terminar um GP sem pit stops em 24 anos
Band fica com vice-liderança da audiência com o GP da Turquia de F1

Apesar de ser um número impressionante, considerando que a Fórmula 1 não é um campeonato historicamente equilibrado entre várias equipes, seis pilotos vencendo corridas no mesmo ano está longe de ser um recorde. A temporada com mais pilotos recebendo a bandeira quadriculada na primeira posição foi a de 1982, quando nada menos que 11 competidores venceram corridas.

No ano em que Keke Rosberg saiu com o título, o finlandês venceu apenas uma corrida: o GP da Suíça, disputado em Dijon-Prenois, na França. Naquele ano foram 16 corridas, que tiveram vitórias de Michelle Alboreto, René Arnoux, Elio De Angelis, Niki Lauda, Riccardo Patrese, Nelson Piquet, Didier Pironi, Alain Prost, Patrick Tambay e John Watson, além de Rosberg.

Restando seis corridas para o final da temporada de 2021, tudo indica que esse número poderá aumentar. A Fórmula 1 volta a correr no dia 24 de outubro, com a disputa do Grande Prêmio dos Estados Unidos, no Circuito das Américas, em Austin.

Comentários