Card image
Formula 1
Crivella pede urgência para concessão de autódromo no RJ

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/10/2019
  • Atualizado: 05/10/2019 às 18:12
  • Por: Leonardo Marson

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, enviou um projeto de lei complementar à Câmara Municipal visando que o futuro Autódromo de Deodoro, que pretende receber o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 a partir de 2021, seja administrado através de uma parceria público-privada (PPP). De acordo com o site de notícias G1, o político pediu formalmente para que os vereadores analisem o caso com urgência.

A licitação para construção do novo autódromo foi vencida pela Rio Motorsports, mas, de acordo com a publicação, há indícios de irregularidade no procedimento da concorrência, bem como na própria empresa. A Folha de S. Paulo revelou, em julho, que Júnior Pereira, proprietário da empresa, tem ligações com os casos Mensalão e Lava-Jato. Já O Globo mostra que faltam garantias financeiras para a construção do autódromo.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

O processo de concessão da área onde o autódromo será construído foi suspensa por duas vezes pela justiça, já que em nenhum momento foi apresentado um relatório de impacto ambiental no local. O terreno em que o complexo será erguido fica onde está a Floresta do Camboatá. O Ministério Público também investiga um possível direcionamento no processo de concessão, já que a Rio Motorsports foi a única a apresentar proposta.

LEIA MAIS:
Fórmula 1 nega conversas sobre nova equipe para 2021
Campos revela plano para ter equipe na F1 em 2021
Ferrari e Red Bull optam por pneus iguais para o GP do Japão
Leclerc tem números melhores que Hamilton após férias da F1

Sem contar com um autódromo desde 2012, quando o Autódromo de Jacarepaguá foi desativado, o Rio de Janeiro busca erguer uma nova pista para receber o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 a partir de 2021, uma vez que a atual casa da categoria máxima do automobilismo mundial no Brasil, o Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), possui contrato com o Liberty Media, proprietário do campeonato, até 2020.

O Grande Prêmio do Brasil deste ano está marcado para o dia 17 de novembro, enquanto a corrida de 2020 foi marcada para 15 de novembro, ambas em Interlagos.