Card image
Competições
Conselho da FIA confirma mudanças de regulamento na F1

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 27/05/2020
  • Atualizado: 27/05/2020 às 17:21
  • Por: Leonardo Marson

O Conselho Mundial da FIA aprovou nesta quarta-feira (27), através de votação feita virtualmente, mudanças nos regulamentos técnico, esportivo e financeiro para a temporada deste ano e também para os campeonatos de 2021 e 2022. A confirmação por parte da entidade máxima do esporte a motor mundial aconteceu nesta tarde.

Fórmula 1
Fórmula 1 alterou regras por conta da pandemia de coronavírus. (Foto: Mercedes)

A principal mudança diz respeito ao teto de gastos, que será válido a partir de 2021. No ano que vem, as equipes poderão gastar até US$ 145 milhões. O valor cairá para US$ 140 milhões na temporada de 2022, enquanto entre 2023 e 2025, o limite será de US$ 135 milhões.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Haverá alterações também no regulamento técnico, que já entraria em vigor em 2022, e não mais 2021, por conta da pandemia de coronavírus. Nesta tarde, houve a aprovação de emendas no regulamento, que serão válidas já a partir desta temporada. A FIA ainda afirmou que tudo foi feito para diminuir custos para as equipes, que aprovaram as alterações de forma unânime.

LEIA MAIS:

McLaren demite 1.200 funcionários para diminuir custos

O regulamento técnico será congelado para alguns itens para este ano e para 2021, como câmbio e chassi. Neste ano também serão limitadas atualizações para as unidades de potência, enquanto o peso mínimo do carro será aumentado para o ano que vem, chegando aos 749 kg.

Em termos esportivos, haverá a redução de testes aerodinâmicos para esta temporada, além da restrição de testes com unidades de força para diminuição de custos. No ano que vem, uma nova redução de testes aerodinâmicos será implantada, levando em conta os resultados de 2020.