Card image
Formula 1
Bottas vence Sprint Qualifying, mas punição faz Verstappen ficar com pole na Itália

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/09/2021
  • Atualizado: 11/09/2021 às 12:14
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas venceu neste sábado (11) a Sprint Qualifying que definiu as posições de largada para o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1. O piloto da Mercedes largou da primeira posição e se manteve na frente ao longo das 18 voltas no Autódromo Nacional de Monza. Porém, por ter uma punição por troca de componentes de motor, o finlandês largará da última posição, cedendo a pole position para Max Verstappen.

Valtteri Bottas
Bottas venceu, mas não levou a pole. (Foto: LAT)

O holandês da Red Bull tomou o segundo lugar na largada, e não conseguiu pressionar Bottas em momento algum. O líder do campeonato ainda faturou dois pontos no campeonato, ante três do finlandês. Daniel Ricciardo, da McLaren, foi o terceiro, completando a zona de pontos. Lando Norris, com a outra McLaren, terminou em quarto, depois de segurar Lewis Hamilton, da Mercedes, ao longo da corrida, após o heptacampeão cair do segundo para o quinto lugar na largada.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Charles Leclerc, da Ferrari, completou a corrida com a sexta posição, chegando logo à frente de seu companheiro de equipe, Carlos Sainz. Antonio Giovinazzi levou a Alfa Romeo ao oitavo lugar, depois de suportar aos ataques de Sergio Pérez nas voltas finais, relegando o mexicano da Red Bull ao nono posto. Lance Stroll, da Aston Martin, completou o grupo dos dez melhores.

LEIA MAIS:

Hamilton lidera segundo treino para o GP da Itália de F1
Bottas surpreende e fatura pole para a Sprint Qualifying na Itália
Hamilton bate Verstappen e lidera primeiro treino para o GP da Itália
Confira a programação e onde ver na TV ao GP da Itália de F1

A corrida ainda contou com a entrada do Safety Car logo na primeira volta. Pierre Gasly acertou a barreira de pneus após ter a asa dianteira danificada e vê-la entrar debaixo do carro. Pouco depois, Robert Kubica rodou com sua Alfa Romeo, e a corrida foi neutralizada.

O Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 será disputado neste domingo (12), a partir das 10h, com transmissão da Band e da rádio BandNews FM.

Confira como foi a Sprint Qualifying

A corrida classificatória em Monza começou com Valtteri Bottas mantendo a primeira colocação nos metros iniciais, sendo seguido por Max Verstappen, que se aproveitou de péssima largada de Lewis Hamilton para tomar o segundo lugar. Daniel Ricciardo apareceu em terceiro, sendo seguido por Lando Norris e Hamilton. Ainda na volta inicial, Pierre Gasly bateu e abandonou a disputa. O Safety Car foi acionado, enquanto Robert Kubica rodou.

A relargada da prova veio na quarta volta, com Bottas mantendo a liderança, enquanto Fernando Alonso passou por Sebastian Vettel para tomar a 11ª colocação. Na abertura da quinta volta, Sergio Pérez abriu ataque sobre Lance Stroll, em disputa valendo a nona posição. Ainda mais atrás George Russell superou Nikita Mazepin para tomar o 15º lugar na sexta volta.

Bottas passou a abrir vantagem sobre Verstappen, alcançando 1s7 de frente no sexto giro. Hamilton, por sua vez, passou a pressionar Norris em disputa valendo o quarto lugar. Na volta 9, Pérez superou Stroll para tomar a nona colocação, mas levou vantagem ao passar por fora da pista, e foi obrigado a devolver a posição ao canadense. Na volta seguinte, o mexicano fez a ultrapassagem novamente.

Enquanto Mazepin seguia perdendo posições, após ser ultrapassado por Yuki Tsunoda, Hamilton sofria para se aproximar de Norris, sem conseguir buscar a ultrapassagem. Na frente, Verstappen viu Bottas abrir dois segundos de frente na volta 12, mas seguia sem ser pressionado por Ricciardo, que já vinha oito segundos distante.

Mesmo com a devolução de posição, Pérez e Stroll passaram a ser investigados pela direção de prova. Apesar disso, o mexicano partiu para o ataque sobre Antonio Giovinazzi, em disputa valendo o oitavo lugar. Pouco depois, a direção de prova anunciou que não tomaria nenhuma atitude por conta do lance com o canadense da Aston Martin.

Bottas seguiu para a vitória, sendo seguido por Verstappen e Ricciardo. Com a punição por conta da troca de componentes do motor, porém, o finlandês largará da última posição no domingo, o que faz do holandês da Red Bull o pole position do GP da Itália.

Comentários