Card image
Competições
Bottas se envolve em incidente, mas lidera TL2 em Abu Dhabi

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/11/2019
  • Atualizado: 29/11/2019 às 12:39
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para o Grande Prêmio de Abu Dhabi, etapa de encerramento da temporada 2019 da Fórmula 1. O piloto da Mercedes, que já havia liderado a primeira sessão desta sexta-feira (29) no circuito de Yas Marina, tornou a ser o mais rápido na segunda sessão, marcando 1min36s256 no melhor de seus giros. O piloto ainda se envolveu em um incidente com Romain Grosjean, da Haas, que causou danos nos dois carros e uma bandeira vermelha.

Valtteri Bottas
Bottas foi o mais rápido das duas atividades do dia em Abu Dhabi. (Foto: Mercedes)

Lewis Hamilton, campeão da temporada, terminou a atividade com o segundo melhor tempo, 0s310 atrás da marca obtida por Bottas. Charles Leclerc, da Ferrari, ficou com a terceira posição com a Ferrari, sendo seguido por seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel. Max Verstappen e Alexander Albon, ambos pilotos da Red Bull, completaram o grupo dos seis primeiros da sessão.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Grosjean, que não conseguiu voltar à pista depois do incidente com Bottas, fechou o treino com a sétima colocação com a Haas, e foi seguido por Sergio Pérez, piloto que defende a Racing Point. Daniil Kvyat, da Toro Rosso, cravou a nona melhor marca, enquanto Pierre Gasly, com o outro carro do time de Faenza, completou a lista dos dez mais velozes.

LEIA MAIS:
Bottas lidera primeiro treino da F1 em Abu Dhabi
Confira a programação para o GP de Abu Dhabi de F1
Williams anuncia Latifi para a vaga de Kubica para 2020
Reginaldo Leme deixa a TV Globo após mais de 40 anos

As atividades da Fórmula 1 seguem neste sábado (30). A partir das 7h, acontece o terceiro treino livre do final de semana, enquanto a classificação está marcada para 10h, ambas as sessões com transmissão dos canais Sportv. O Grande Prêmio de Abu Dhabi será disputado no domingo, a partir das 10h10, com transmissão da TV Globo, do portal GloboEsporte.com e da Rádio Band News FM.

Confira como foi o segundo treino livre

A segunda atividade do final de semana no circuito de Yas Marina começou pontualmente às 10h, pelo horário de Brasília, com 25°C de temperatura ambiente e 29°C na pista. Logo que a pista foi liberada, os pilotos partiram para a pista, já para marcar tempo. A primeira volta da sessão foi marcada logo com cinco minutos por Kimi Räikkönen, que anotou 1min39s990 usando os pneus médios.

Os tempos passaram a baixar rapidamente. Charles Leclerc, com os duros, colocou a Ferrari na frente com 1min39s689 no instante seguinte, sendo superado por Kevin Magussen, da Haas, na sequência. A Racing Point se viu em um raro momento de domínio de atividade após Pérez marcar 1min38s870, sendo seguido por seu companheiro, Lance Stroll.

Leclerc voltou a pontear a sessão ao marcar 1min38s997, mas logo foi superado por Max Verstappen, que, com a Red Bull, marcou 1min37s145. Lewis Hamilton, por sua vez, escapou da pista, mas sem provocar problemas na Mercedes. Sebastian Vettel avançou para a terceira posição, enquanto Lando Norris saiu do traçado com a McLaren, também sem causar problemas.

Pouco depois, Daniel Ricciardo, que teve o motor estourado no primeiro treino, fez o 11º tempo em seu primeiro giro no TL2. Hamilton marcou o terceiro tempo com a Mercedes, enquanto Vettel foi aos boxes reclamando de vibração nos pneus de sua Ferrari. Já Leclerc, que vinha em volta rápida com os pneus macios, raspou o muro e foi aos boxes também.

Com 53 minutos para o final da sessão, Bottas tomou a liderança da atividade ao marcar 1min36s256, usando pneus macios. Hamilton avançou para a segunda posição na sequência, 0s378 atrás do companheiro de equipe. Leclerc, com um jogo de pneus macios novos, fez as duas melhores parciais do circuito, mas perdeu tempo na terceira parcial, marcando apenas o terceiro tempo.

A partir da segunda metade da sessão, os pilotos passaram a priorizar a simulação de corridas, mas Antonio Giovinazzi, piloto da Alfa Romeo, rodou na “curva do hotel”, mas não acertou o guard-rail. Vettel, na sequência, partiu para uma volta rápida e cravou o quarto tempo, 0s435 atrás do tempo obtido por Bottas.

Restando 20 minutos para o encerramento da sessão, Romain Grosjean acertou a Mercedes de Valtteri Bottas, e os dois se tocaram, rodando. Por conta dos detritos na pista, a direção de prova acionou a bandeira vermelha, interrompendo a atividade. A sessão recomeçou após oito minutos, com todos os pilotos partindo à pista imediatamente.

Os competidores voltaram a trabalhar nas simulações de corrida e os tempos não baixaram mais. Assim, Bottas foi o mais rápido, seguido por Hamilton e Leclerc.