Card image
Formula 1
Bottas puxa 1-2 da Mercedes no TL3 para o GP do Catar

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/11/2021
  • Atualizado: 20/11/2021 às 10:13
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas foi o piloto mais rápido do terceiro treino livre para o Grande Prêmio do Catar, 20ª etapa da temporada da Fórmula 1. O piloto da Mercedes trocou voltas mais velozes com Lewis Hamilton durante a sessão realizada neste sábado (20) no circuito de Losail, marcando 1min22s310 na melhor das suas voltas, usando pneus macios.

Valtteri Bottas
Bottas liderou duas das três atividades do final de semana. (Foto: LAT)

A segunda posição ficou justamente com Hamilton, que acabou o treinamento com uma marca 0s078 mais lenta em relação a Bottas. Max Verstappen, com a Red Bull, foi o terceiro, enquanto Pierre Gasly, da AlphaTauri, foi o quarto melhor. O grupo dos cinco mais rápidos do treinamento foi completado por Sergio Pérez, com a outra Red Bull.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Carlos Sainz, da Ferrari, marcou o sexto melhor tempo, sendo seguido pela dupla da Alpine, time que viu Fernando Alonso ser o sétimo, e Esteban Ocon marcar o oitavo tempo. Charles Leclerc, com a outra Ferrari do grid, fez o nono tempo, enquanto Yuki Tsunoda, companheiro de equipe de Gasly, fechou o top-10.

LEIA MAIS:

Bottas comanda segundo treino para o GP do Catar de F1
Verstappen lidera primeiro treino para o GP do Catar em Losail
Confira a programação e onde ver na TV ao GP do Catar de F1
RACING lança especial sobre o GP de São Paulo nas bancas digitais

A Fórmula 1 realiza logo mais, às 11h, a classificação que determinará as posições de largada para a 20ª etapa do campeonato, com transmissão da Band e do BandSports. O Grande Prêmio do Catar será disputado no domingo (21), a partir das 11h, com exibição da Band, da Rádio Bandeirantes e da BandNews FM.

Confira como foi o treino

A terceira sessão de treinos livres em Losail começou às 8h, pelo horário de Brasília, com 27°C de temperatura ambiente e 58% de umidade. A pista estava em 38°C. Logo no primeiro minuto de atividade, Nikita Mazepin foi orientado a estacionar o carro logo após deixar os boxes, causando a primeira bandeira vermelha do final de semana.

A atividade foi retomada com seis minutos, com Mick Schumacher saindo para a pista para uma volta de instalação. Esteban Ocon, por sua vez, foi o primeiro a marcar tempo, com 1min24s864. O piloto da Alpine foi seguido por Lando Norris, que se colocou na segunda posição. A Mercedes mandou seus pilotos à pista, e viu Lewis Hamilton marcar 1min23s950, e Valtteri Bottas tomar o segundo lugar.

Com 22 minutos de sessão, foi a vez de Fernando Alonso se colocar na liderança da atividade, cravando 1min23s904 com os pneus médios, enquanto Pierre Gasly rodou com a AlphaTauri. A Mercedes voltou à pista e Hamilton retomou a liderança do treinamento, com Hamilton voltando para a liderança, agora com 1min23s152, novamente com Bottas em segundo.

Verstappen foi para a pista no complemento da primeira metade da sessão, e marcou o melhor giro ao marcar 1min23s121. Pouco depois, a Mercedes voltou para a liderança do treinamento, agora com Bottas, que marcou 1min22s573, enquanto Hamilton ficou com o segundo tempo. O holandês partiu para uma nova volta, mas ficou com o terceiro tempo, 0s412 atrás.

Sainz avançou para o quarto lugar, enquanto Leclerc escapou da pista na sequência. Com 11 minutos para o final do treinamento, Hamilton voltou para a liderança da sessão, com 1min22s388, marca que, três minutos depois, Bottas voltou para a liderança com o tempo de 1min22s310. Já Sergio Pérez avançou para o terceiro lugar.

Mick Schumacher rodou com a Haas quando restavam quatro minutos para o final, voltando para a pista. Verstappen partiu para uma nova volta e retomou o terceiro lugar, distante 0s341 do tempo de Bottas. A sessão se encaminhou para o final com Gasly avançando ao quarto lugar, enquanto Bottas foi o mais rápido, sendo seguido por Hamilton e Verstappen.

Comentários