Card image
Competições
Bottas fatura a pole em Austin; Hamilton parte da terceira fila

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 02/11/2019
  • Atualizado: 02/11/2019 às 19:11
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas conquistou na noite deste sábado (2) a pole position para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, antepenúltima etapa da temporada 2019 da Fórmula 1. Na fase final da classificação realizada no Circuito das Américas, em Austin, o finlandês da Mercedes, único piloto ainda com chances matemáticas de tirar o título mundial de Lewis Hamilton, marcou 1min32s029, faturando a posição de honra pela 11ª vez na carreira.

Valtteri Bottas
Bottas largará da pole position pela primeira vez nos Estados Unidos. (Foto: Mercedes)

A segunda posição ficou com Sebastian Vettel, piloto da Ferrari que acabou batido em 0s012 por Bottas, e terá de completar a primeira fila. Max Verstappen, com a Red Bull, largará da terceira posição, dividindo a segunda fila com Charles Leclerc, da Ferrari. Vivendo seu segundo “match point” na temporada, Hamilton colocou a Mercedes apenas em quinto.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Alexander Albon, com a outra Red Bull, ficou com a sexta posição no grid, enquanto Carlos Sainz e Lando Norris, ambos pilotos da McLaren, dividirão a quarta fila, com o espanhol à frente do inglês. Daniel Ricciardo colocou a Renault na nona colocação, enquanto Pierre Gasly, com o carro da Toro Rosso, ficou com a décima posição e fechará a quinta fila.

LEIA MAIS:
Verstappen coloca Red Bull na frente no TL3 em Austin
Hamilton lidera segundo treino da F1 nos Estados Unidos
Verstappen lidera primeiro treino da F1 em Austin
Fórmula 1 anuncia novas regras e mostra carro para 2021

O Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 será disputado neste domingo (3), a partir das 16h10, e contará com transmissão ao vivo dos canais Sportv, do portal GloboEsporte.com e das rádios Trânsito, de São Paulo (SP), e da Band News FM, de Belo Horizonte (MG).

Confira como foi a classificação

Q1

A sessão classificatória começou com clima ameno em Austin, com 20°C de temperatura ambiente, 27°C na pista e 25% de umidade relativa no ar. Logo que a pista foi liberada, os pilotos partiram à pista, com Robert Kubica sendo o primeiro a marcar uma volta, com 1min38s302 com a Williams. Charles Leclerc, com a Ferrari já com o novo motor após o problema no terceiro treino livre, marcou 1min34s696.

Lando Norris colocou a McLaren na frente, mas logo foi superado por Alexander Albon, que cravou 1min33s984. Na sequência, Carlos Sainz foi para a ponta da folha de tempos, mas por pouco tempo, já que Max Verstappen cravou 1min33s549. Restando nove minutos para o encerramento da sessão, Lewis Hamilton mostrou força e se colocou na frente com a Mercedes, com 1min33s454.

Sebastian Vettel, com a Ferrari, se colocou em quarto, uma posição atrás de Valtteri Bottas, da Mercedes. A atividade chegou aos últimos cinco minutos com Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi, ambos da Alfa Romeo, Sergio Pérez, da Racing Point, e George Russell e Robert Kubica, pilotos que defendem a Williams entre os eliminados da sequência da sessão.

Hamilton partiu para mais uma volta rápida nos últimos dois minutos, sem conseguir melhorar seu tempo. Pérez, que largará dos boxes neste domingo, optou por não voltar à pista, sendo eliminado do treinamento. Norris colocou a McLaren na frente com 1min33s353, deixando Hamilton em segundo e Verstappen em terceiro. Além de Pérez, Giovinazzi, Räikkönen, Russell e Kubica foram eliminados.

Q2

A segunda sessão foi iniciada com os pilotos partindo à pista rapidamente. Hamilton, Bottas, Vettel e Leclerc foram para as primeiras voltas com pneus médios, enquanto os outros iniciaram o Q2 com compostos macios. Hamilton se colocou na liderança com 1min33s045, sendo seguido pelo companheiro de equipe, pelo monegasco e pelo alemão, os dois últimos, da Ferrari.

Com nove minutos para o encerramento do treino, Verstappen avançou para a segunda posição, enquanto Albon pulou para a liderança com 1min32s898, usando pneus macios. Os pilotos foram aos boxes por alguns minutos, e, restando cinco minutos, os eliminados seriam Daniil Kvyat, da Toro Rosso, Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg, da Renault, Lance Stroll, da Racing Point, e Romain Grosjean, da Haas.

Restando três minutos para o encerramento do Q2, com Stroll partindo para uma volta rápida, sem conseguir sair do 13º lugar. Vettel tomou o melhor tempo, mas viu Leclerc fazer 1min32s760 com pneus macios, marcando a melhor volta. Os eliminados foram Kvyat, Hülkenberg, Magnussen, Stroll e Grosjean.

Q3

A fase final da classificação começou com Norris, Sainz e Gasly indo à pista imediatamente, enquanto os outros pilotos, menos Ricciardo, optaram por esperar alguns instantes para deixar os boxes. O primeiro a fechar volta foi Gasly, que marcou 1min34s272 com a Toro Rosso. Hamilton tomou a frente, mas acabou superado por Bottas, que fez 1min32s029. Vettel e Leclerc se colocaram entre as duas Mercedes, enquanto Verstappen avançou para terceiro.

Ricciardo aproveitou o período em que os outros pilotos foram aos boxes para fazer sua primeira volta com a Renault, alcançando a oitava posição. Pouco depois, os nove pilotos restantes foram para uma segunda volta rápida, mas ninguém melhorou o tempo. Melhor para Bottas, que ficou com a pole position.