Card image
Formula 1
Bottas bate Verstappen e lidera primeiro treino da F1 em Mugello

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/09/2020
  • Atualizado: 11/09/2020 às 7:35
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Toscana, nona etapa da temporada 2020 da Fórmula 1. Na atividade realizada na manhã desta sexta-feira (11) no circuito de Mugello, na Itália, o piloto da Mercedes marcou 1min17s879 na melhor das suas voltas, usando pneus macios em seu carro.

Valtteri Bottas
Bottas foi o mais veloz da primeira atividade em Mugello. (Foto: Mercedes)

A segunda posição ficou com Max Verstappen, piloto da Red Bull que acabou 0s048 atrás do tempo de Bottas. Charles Leclerc teve um bom desempenho com a Ferrari e apareceu na terceira posição, sendo seguido por Lewis Hamilton, quarto com a Mercedes. O grupo dos cinco primeiros foi completado por Pierre Gasly, vencedor do GP da Itália e piloto da AlphaTauri.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Esteban Ocon colocou a Renault na sexta colocação em Mugello, sendo seguido por Daniil Kvyat, sétimo com o segundo carro da AlphaTauri. Lando Norris, que chegou a liderar a sessão com a McLaren, fechou o treino em oitavo, enquanto Alexander Albon, da Red Bull, e Daniel Ricciardo, da Renault, fecharam a lista dos dez primeiros.

LEIA MAIS:

F1: Aston Martin anuncia chegada de Sebastian Vettel para 2021

A segunda sessão de treinos livres do final de semana está marcada para 10h, e contará com transmissão dos canais Sportv. O Grande Prêmio da Toscana de Fórmula 1 será disputado neste domingo (13), a partir das 10h10, com transmissão da TV Globo, do portal GE.Globo e da rádio Band News FM.

Confira como foi o treino

O primeiro treino livre no circuito de Mugello começou com calor na região do autódromo:27°C de temperatura ambiente, o que fez o asfalto chegar a 35°C. Alguns pilotos foram à pista tão logo a atividade foi aberta, mas retornaram aos boxes na sequência. Valtteri Bottas, porém, registrou sua primeira volta logo aos dez minutos, com 1min20s645.

Pierre Gasly, vencedor do GP da Itália na última semana com a AlphaTauri, também completou um giro rápido, aparecendo 1s666 atrás do finlandês. Na sequência, Kimi Räikkönen colocou a Alfa Romeo na segunda posição. Bottas melhorou seu tempo na sequência, cravando 1min20s540, enquanto o francês do time de Faenza retomou o segundo lugar, quatro décimos atrás.

Max Verstappen foi à pista pela primeira vez e colocou a Red Bull na segunda posição, enquanto Gasly tomou a ponta da folha de tempos com 1min19s859. Lewis Hamilton, em sua primeira volta rápida, se colocou em terceiro, ficando imediatamente à frente de Charles Leclerc, que apareceu em quarto com a Ferrari.

Verstappen tomou a liderança ao marcar 1min19s439 no complemento da primeira meia hora de sessão, usando pneus duros. Já Leclerc avançou para a terceira posição, caindo um posto ao ver Bottas subir para segundo. O treino seguiu com o holandês da Red Bull melhorando ainda mais seu tempo, agora com 1min19s405, enquanto o monegasco da Ferrari pulou para o segundo posto.

O holandês seguiu melhorando seu tempo, e marcou 1min19s017, enquanto Hamilton avançou para a segunda posição, apenas 0s052 acima do tempo de Verstappen. Após um período em que os pilotos ficaram nos boxes, Kimi Räikkönen partiu para uma volta com pneus macios e se colocou em terceiro. Pouco depois, Lando Norris tomou a ponta com 1min18s981.

Daniel Ricciardo colocou a Renault na quarta colocação, enquanto uma grande alternância na liderança passou a acontecer. Lando Norris, Esteban Ocon, Lewis Hamilton e Charles Leclerc se colocaram na primeira colocação, mas foi Valtteri Bottas, com 1min17s879 quem tomou a liderança em um espaço de tempo de dois minutos. Verstappen apareceu em segundo, seguido por Leclerc.

Os pilotos passaram a trabalhar no acerto para a corrida nos últimos 25 minutos, o que fez com que os tempos deixassem de cair. Pouca coisa de destaque aconteceu neste momento, com Carlos Sainz chegando a 30 voltas completadas durante a sessão. Com sete minutos para o final, Nicholas Latifi rodou na segunda curva do circuito, mas logo voltou à pista.

A sessão terminou com Bottas na liderança, sendo seguido por Verstappen e Leclerc.