Card image
Formula 1
Aston Martin anuncia chegada de Sebastian Vettel para 2021

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/09/2020
  • Atualizado: 10/09/2020 às 9:28
  • Por: Leonardo Marson

Sebastian Vettel será piloto da Aston Martin, atual Racing Point, na temporada 2021 da Fórmula 1. O piloto foi anunciado na madrugada desta quinta-feira (10) pela equipe dos carros cor-de-rosa, e será o companheiro de equipe de Lance Stroll no próximo ano, ocupando a vaga de Sergio Pérez, que deixou a anunciou a saída do time inglês na quarta-feira.

Sebastian Vettel
Vettel correrá pela Aston Martin em 2021. (Foto: Racing Point)

A chegada de Vettel a Aston Martin passou a ser especulada tão logo o alemão teve a saída da Ferrari confirmada, ainda no início do campeonato. Havia a dúvida, porém, sobre se o tetracampeão do mundo seguiria de fato ao time, ou deixaria a principal categoria do automobilismo mundial.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Estou feliz por finalmente compartilhar esta notícia animadora sobre meu futuro. Sou extremamente orgulhoso em dizer que eu serei piloto da Aston Martin em 2021. É uma nova aventura para mim com uma companhia de carros verdadeiramente lendária. Estou impressionado com os resultados que a equipe alcançou neste ano e acredito que o futuro será cada vez mais brilhante”, disse Vettel.

LEIA MAIS:

Ferrari apresenta pintura especial para o GP da Toscana de F1
Confira a programação para o GP da Toscana de Fórmula 1
Confira os melhores momentos do GP da Itália de Fórmula 1

“A energia e comprometimento de Lawrence Stroll para o esporte é inspiradora e acredito que nós podemos construir algo muito especial juntos. Eu ainda tenho muito amor pela Fórmula 1 e minha única motivação é correr no pelotão da frente do grid. Fazer isso com a Aston Martin será um grande privilégio”, completou o tetracampeão do mundo.

Antes de partir para a Aston Martin, Vettel fará suas últimas corridas pela Ferrari, uma delas já neste final de semana, com a disputa do Grande Prêmio da Toscana, marcado para o circuito de Mugello.