Card image
Copa Truck
Monteiro celebra título: “Foi a cereja de um bolo gostoso”

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 08/12/2019
  • Atualizado: 08/12/2019 às 19:14
  • Por: Leonardo Marson

Beto Monteiro celebrou a conquista do título da temporada 2019 da Copa Truck, obtido neste domingo (8) ao terminar a primeira das duas corridas da última etapa do campeonato, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), na segunda colocação. O piloto liderou praticamente toda a corrida, mas abriu passagem para Paulo Salustiano nas voltas finais, permitindo a vitória do companheiro de equipe Volkswagen.

Beto Monteiro
Beto Monteiro faturou o título logo na primeira corrida do dia em Interlagos. (Foto: Vanderley Soares)

Após o encerramento da etapa, que ainda contou com um quarto lugar na segunda corrida, o pernambucano comparou a conquista com a feitura de um bolo, dizendo que o título foi obtido corrida a corrida. Monteiro ainda destacou o trabalho feito pela equipe, que lhe deu um caminhão capaz de vencer oito das 18 corridas disputadas ao longo de todo o ano.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Hoje foi a cereja do bolo. Um bolo que a gente veio construindo ao longo do ano. E um bolo muito gostoso, por sinal, pois foi um ano fantástico. Talvez, o melhor da minha vida nas corridas de caminhões. Estou muito feliz, não tenho palavras para agradecer a equipe, que fez um trabalho fantástico ao longo do ano. O mérito é deles, pois eu só conduzi o que eles me deram”, disse Monteiro, logo após a corrida.

LEIA MAIS:
Beto Monteiro conquista título da Copa Truck em Interlagos
Roberval Andrade vence corrida 2 da Copa Truck em Interlagos

Monteiro disse ainda que abriu passagem para Salustiano para que o companheiro de equipe tivesse a possibilidade de faturar o vice-campeonato, o que acabou não acontecendo por muito pouco. O dono do caminhão número 55 terminou a prova de encerramento da temporada na segunda posição, e ficou com um ponto a menos que André Marques.

“A gente tinha um trabalho para que o Salu fosse vice. Como eu garantiria o título com o segundo lugar, eu abri passagem para ele para, na segunda, tentar trazê-lo para o vice-campeonato. Mas fiz com prazer, pois o Salu é um baita piloto, trabalhou muito. Me ajudou durante o ano também, então dei essa vitória com ele com muito prazer”, completou Monteiro, que seguirá com a Volkswagen na próxima temporada.