Card image
Competições
Beto Monteiro conquista título da Copa Truck em Interlagos

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 08/12/2019
  • Atualizado: 08/12/2019 às 15:44
  • Por: Leonardo Marson

Beto Monteiro conquistou neste domingo (8) o título da temporada 2019 da Copa Truck ao terminar a primeira corrida da etapa decisiva, realizada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), na segunda posição, e ver André Marques, seu rival mais próximo, completar apenas na sexta colocação. A vitória ficou com Paulo Salustiano, que conseguiu a ultrapassagem sobre o pernambucano nas últimas curvas.

Beto Monteiro
Beto Monteiro abriu 20 pontos para André Marques, e é campeão da Copa Truck. (Foto: Vanderley Soares)

Monteiro, que corre com um Volkswagen, terminou a corrida distante 0s756 de Salustiano, também piloto de um Volkswagen. Roberval Andrade, que corre com um Mercedes-Benz, fechou a corrida em terceiro, sendo seguido por Leandro Totti, quarto também com um caminhão da marca da estrela de três pontas. Felipe Giaffone, com um Iveco, completou o grupo dos cinco primeiros.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

André Marques viu o campeonato se decidir em favor de Monteiro ao ser apenas o sexto com um Mercedes-Benz. Renato Martins, com um Volkswagen, completou a corrida em Interlagos em sétimo, logo à frente de Pedro Paulo Fernandes, que corre com um Mercedes-Benz. Wellington Cirino, com um Mercedes, e Clodoaldo Monteiro, com um Man, completaram o top-10.

A corrida de encerramento da temporada 2019 da Copa Truck acontece logo mais, a partir das 14h40, com transmissão dos canais Sportv.

Confira como foi a corrida

A primeira prova do dia começou com o Safety Truck seguindo no traçado, o que fez os 25 minutos de corrida serem iniciados em bandeira amarela. Apenas no complemento da primeira volta que a bandeira verde foi acionada, Beto Monteiro se defendeu do ataque de Roberval Andrade para manter a primeira posição no S do Senna. Felipe Giaffone avançou para quarto, e tomou o terceiro posto ao superar Paulo Salustiano.

Ainda no giro inicial, Leandro Totti superou Salustiano, tomando o quarto lugar. O dono do Volkswagen número 55, porém voltou ao terceiro lugar no início da segunda volta, se valendo da maior velocidade de seu caminhão. O piloto da Iveco, por sua vez, escapou da pista e recuou para quinto. Na frente, Monteiro abriu 1s2 de frente para Andrade no início da segunda volta.

Um pouco mais atrás, Wellington Cirino deixou Renato Martins para trás para tomar a sexta posição, enquanto Débora Rodrigues e Pedro Paulo Fernandes duelavam pelo 12º lugar. Salustiano, por sua vez, descontou rapidamente a diferença para Andrade, passando a brigar pela segunda colocação na quarta volta da prova, enquanto Monteiro não conseguia ampliar a diferença para os dois rivais.

Salustiano chegou a colocar o caminhão ao lado de Andrade na sétima volta, mas o piloto do Mercedes com as cores do Corinthians conseguiu manter a segunda posição. Mais atrás, Régis Boessio e José Augusto Dias se tocaram em disputa valendo apenas a 17ª colocação. No pelotão intermediários, Giaffone segurava um pelotão com André Marques, Renato Martins e Wellington Cirino.

Andrade cometeu um erro na oitava volta e permitiu a ultrapassagem de Salustiano, que assumiu a segunda posição. O piloto do Volkswagen número 55 partiu imediatamente para o ataque sobre Monteiro, o líder da prova. Fernandes tomou a oitava posição de Cirino na nona volta.

Salustiano seguiu atacando Monteiro nas duas voltas finais, mas viu o pernambucano se defender. Na última volta, o dono do caminhão 55 fez a ultrapassagem sobre Monteiro, tomando a ponta para vencer a prova. Apesar disso, o competidor do Volkswagen número 88 conquistou o título da temporada já na primeira corrida do dia.