Card image
Copa Truck
André Marques conquista título da Copa Truck em Curitiba

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/12/2021
  • Atualizado: 05/12/2021 às 22:30
  • Por: Leonardo Marson

André Marques é o novo campeão da Copa Truck, após conquistar um segundo e um quarto lugar na etapa final da temporada, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). O piloto do caminhão Mercedes chegou para a etapa final do campeonato na liderança do campeonato, e terminou as duas corridas à frente de Wellington Cirino e Felipe Giaffone, seus adversários na decisão.

André Marques
Foto: Duda Bairros

A primeira corrida do dia teve vitória de Paulo Salustiano, que largou da pole position e seguiu sem dificuldades para vencer em Curitiba. A segunda prova teve como vitorioso Beto Monteiro, que largou da pole position após a inversão dos oito melhores da corrida que abriu a etapa.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing
Corrida 1

A primeira corrida do dia foi dominada por Paulo Salustiano, que largou da pole position e se manteve na frente ao longo dos 25 minutos de corrida em Curitiba. O piloto do caminhão Volkswagen só fez abrir vantagem, terminando com mais de sete segundos de frente em relação aos rivais, garantindo o triunfo.

LEIA MAIS:

Alberto Cattucci é campeão da Copa Shell HB20 em 2021

André Marques, com um Mercedes, fechou a corrida com a segunda posição, sendo seguido por seu companheiro de equipe, Wellington Cirino, que não conseguiu tentar a ultrapassagem. Danilo Dirani, com um equipamento da Mercedes, foi o quarto, sendo seguido por Roberval Andrade, da Volkswagen.

Felipe Giaffone completou a prova com a sexta colocação, correndo com um caminhão Iveco, ficando à frente de Giuliano Losacco, piloto de um Mercedes. Beto Monteiro, com um Volkswagen, foi o oitavo, ficando à frente de Debora Rodrigues, da Volkswagen. Felipe Tozzo, com um Iveco, foi o décimo.

A corrida foi marcada por alguns incidentes, como algumas escapadas de Pedro Mufatto e de Beto Monteiro. João Augusto Dias rodou na parte final da prova. Nenhum destes incidentes, porém, provocou a entrada do Safety Car na pista na pista localizada em Pinhais.

Corrida 2

A segunda prova do dia contou com vitória de Beto Monteiro, que se beneficiou da inversão do grid entre os oito melhores. O pernambucano, com um caminhão Volkswagen, se manteve na frente nos metros iniciais, mesmo pressionado por rivais, e abriu vantagem, garantindo o triunfo.

A segunda posição ficou com Felipe Giaffone, que foi muito pressionado por Paulo Salustiano na parte final da prova, relegando o vencedor da primeira corrida do dia ao terceiro lugar. André Marques completou a prova em quarto e garantiu o título, enquanto Roberval Andrade.

Danilo Dirani encerrou a prova com a sexta posição ao final dos 20 minutos de corrida, sendo seguido por Wellington Cirino, que ficou com o vice-campeonato. Danilo Alamini cruzou a linha de chegada na oitava posição, enquanto Valmir Benavides e Luiz Lopes completaram o top-10.

A prova ainda contou com uma entrada do Safety Car por conta de um detrito na pista que se soltou do caminhão de Glauco Barros.

Comentários