Card image
Competições
Vettel fala em “corrida difícil” e bom resultado em Mônaco

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 26/05/2019
  • Atualizado: 26/05/2019 às 13:24
  • Por: Leonardo Marson

Sebastian Vettel classificou como complicado o Grande Prêmio de Mônaco, sexta etapa da temporada 219 da Fórmula 1, disputada neste domingo (26) no circuito de rua de Monte Carlo. O piloto da Ferrari passou praticamente toda a corrida na terceira posição, mas sabia da punição de cinco segundos sobre Max Verstappen, por conta de uma saída perigosa dos boxes, o que lhe rendeu o segundo posto ao final das 78 voltas.

Sebastian Vettel
Vettel não conseguiu pressionar Verstappen, mas foi pouco atacado por Bottas. (Foto: Getty Images)

“Foi uma corrida difícil de administrar. Às vezes, muita coisa acontece na corrida, mas hoje nada aconteceu”, resumiu Vettel, logo após o encerramento da corrida. O alemão ainda reconheceu que imaginou que teria uma chance de avançar de posição na pista quando viu o lance entre Bottas e Verstappen nos boxes, mas admitiu na sequência que a Ferrari não tem ritmo para alcançar a Mercedes e a Red Bull.

“Max fez um pit stop incrível, eu vi que eles se tocaram no pit-lane. Pensei que teria uma boa chance de tirar proveito do furo do pneu de Valtteri, o que foi uma pena para ele, e tentamos ficar perto de Verstappen. Queria ter colocado mais pressão, e simplesmente sofri com meus pneus, não tanto como Lewis e Max, mas os meus não estavam esquentando”, explicou o alemão.

“Foi um pouco complicado, mas foi um ótimo resultado e temos muito trabalho a fazer. Não estávamos rápidos o bastante na comparação a eles, seguiu Vettel, que disse ainda que Niki Lauda, morto na última segunda-feira, ficaria feliz com a apresentação de Lewis Hamilton neste domingo.

“Hoje é para o Niki [Lauda], que deve estar muito feliz com o desempenho de Hamilton hoje. Meus pensamentos estão todos com ele, que foi um ícone no passado e continuará sendo”, completou o tetracampeão do mundo.

Comentários