Card image
Competições
Rosberg bate Hamilton por 0s7, e lidera TL1 em Sochi

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/04/2016
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:57
  • Por: admin

<p><img alt="Rosberg tomou a liderança da folha de tempos após os primeiros 30 minutos de atividade" height="467" src="/wp-content/uploads/uploads/sut_russian_grand__13449361_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Nico Rosberg foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para a disputa do Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1, disputado na manhã desta sexta-feira (29) no circuito do Parque Olímpico de Sochi. O líder do campeonato venceu uma batalha com Lewis Hamilton pela primeira posição na folha de tempos da atividade, registrando 1min38s127 na melhor de suas passagens, feita com pneus supermacios.</p>

<p><strong>LEIA MAIS:<br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/com-ricciardo-red-bull-testa-aeroscreen" target="_blank"><span style="color:#FF0000;">Com Ricciardo, Red Bull testa aeroscreen</span></a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/critico-do-halo-hulkenberg-elogia-aeroscreen/" target="_blank"><span style="color:#FF0000;">Crítico do Halo, Hülkenberg elogia Aeroscreen</span></a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/red-bull-testara-protecao-de-cockpit-nesta-sexta/" target="_blank"><span style="color:#FF0000;">Red Bull testará proteção de cockpit nesta sexta</span></a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/kvyat-ve-red-bull-forte-em-qualquer-circuito/" target="_blank"><span style="color:#FF0000;">Kvyat vê Red Bull forte em qualquer circuito</span></a></strong></p>

<p>A segunda colocação ficou com Hamilton, que depois de se alternar com o companheiro de equipe na liderança da sessão, terminou sete décimos mais lento que Rosberg. Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen colocaram a Ferrari na terceira e na quarta posições, respectivamente. Felipe Massa, que enfrentou problemas com a embreagem e só foi à pista nos 40 minutos finais, foi o quinto colocado.</p>

<p>Daniel Ricciardo, que testou o aeroscreen logo no início da atividade, ficou com a sexta colocação, conduzindo o carro da Red Bull. Valtteri Bottas foi o sétimo, com o outro carro da Williams, seguido por Daniil Kvyat. Sergio Pérez colocou a Force India na nona posição, enquanto Carlos Sainz, de Toro Rosso, fechou o grupo dos dez primeiros. Felipe Nasr, que possui um novo chassi, colocou a Sauber na 13ª posição.</p>

<p>A partir das 8h, pelo horário de Brasília, acontece o segundo treino livre para o GP da Rússia. A corrida está marcada para domingo, às 9h.</p>

<p><br />
<strong>Confira como foi o treino</strong></p>

<p>A atividade teve início com os pilotos indo à pista para uma volta de instalação, entre eles Daniel Ricciardo, que fez uma passagem utilizando o aeroscreen, solução desenvolvida pela Red Bull para cobrir o cockpit. Com sete minutos de atividade, Hamilton e Rosberg iniciaram a registrar voltas rápidas, se alternando na primeira posição da folha de tempos, com o inglês levando vantagem.</p>

<p>Ainda que os pilotos seguissem sem marcar tempos, praticamente todos faziam seus giros, exceção feita a Felipe Massa, preso nos boxes por conta de um problema na embreagem de seu FW38. Enquanto isso, na briga interna da Mercedes, Hamilton rodou no segundo setor, fato que se repetiria depois com Jenson Button e Sebastian Vettel.</p>

<p>Felipe Nasr, que tem à disposição um novo chassi para este final de semana, apareceu na quarta colocação ao término da primeira meia hora de atividade. Na sequência, Rosberg tornou a tomar a liderança da sessão, com 1min39s097, relegando Hamilton ao segundo lugar. Na metade da atividade, Bottas aparecia em terceiro, seguido por Ricciardo e Kvyat.</p>

<p>Massa conseguiu sair para a pista quando o relógio apontava 38 minutos para o final da atividade, dando sua volta de instalação. Seis minutos mais tarde, Rosberg voltou a melhorar seu tempo, utilizando compostos supermacios. O líder do campeonato garantiu a “volta perfeita”, com 1min38s127. Na parte final da atividade, Räikkönen e Vettel subiram ao terceiro e quarto posto, respectivamente.</p>

<p>Nos cinco minutos finais da atividade, Massa avançou para a quarta colocação, mas viu Vettel superá-lo, ganhando inclusive a terceira posição de Räikkönen. Na ponta da tabela de tempos, Rosberg seguiu imbatível, sendo o mais rápido da atividade.</p>