Card image
Competições
Mercedes é aprovada em crash test

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 06/02/2016
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:58
  • Por: admin

<p><img alt="Mercedes tentará seu terceiro título consecutivo entre os construtores" height="467" src="/wp-content/uploads/uploads/f1silverstone2015_jki1748433_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A Mercedes é mais uma das equipes da Fórmula 1 a ter seu carro para a temporada 2016 aprovado no teste de colisão obrigatório da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). A equipe alemã busca manter a hegemonia dos últimos dois anos para faturar o seu terceiro título mundial entre os construtores.</p>

<p>A exigência da FIA para os crash tests aumentou consideravelmente neste ano, principalmente no que se refere a proteção da cabeça dos pilotos. De acordo com Paddy Lowe, diretor executivo da equipe da estrela de três pontas, o cockpit pode suportar detritos e, em casos extremos, até o impacto de um carro inteiro.</p>

<p>“O chassi precisa suportar uma carga de cinco toneladas. A intenção é aumentar o nível de proteção dos pilotos contra detritos – até mesmo um carro – que vá na direção do cockpit”, disse Lowe, em entrevista recente ao site americano Motorsport.com. O dirigente também destacou que isso provocou um maior trabalho aos projetistas.</p>

<p>A temporada 2016 da Fórmula 1 terá início no dia 20 de março, com a realização do Grande Prêmio da Austrália, que será disputado no circuito de Albert Park, na cidade de Melbourne.</p>