Card image
Competições
McLaren e Honda estão mais próximas, diz Boullier

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 16/02/2016
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:58
  • Por: admin

<p><img alt="Arai e Boullier estão trabalhando mais próximos" height="467" src="/wp-content/uploads/uploads/dcd1512no8702_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Depois de um ano com muitas dificuldades e a pior temporada de sua história na Fórmula 1, a McLaren está mais próxima da Honda, sua fornecedora de motores. É o que diz Eric Boullier, diretor de corridas da equipe de Woking, que acredita em um melhor relacionamento com a fabricante japonesa após uma temporada com tantos problemas.</p>

<p><strong>LEIA MAIS:<br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/toro-rosso-tera-pintura-provisoria-em-barcelona/">Toro Rosso terá pintura provisória em Barcelona</a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/kvyat-cre-em-ano-melhor-da-red-bull-apos-2015-ruim/">Kvyat crê em ano melhor da Red Bull após 2015 ruim</a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/ferrari-apresenta-carro-na-proxima-sexta-feira/">Ferrari apresenta carro na próxima sexta-feira</a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/mercedes-mostra-ronco-de-seu-novo-motor-ouca/">Mercedes mostra ronco de seu novo motor; ouça</a></strong></p>

<p>De acordo com o dirigente da equipe inglesa, tanto McLaren quanto Honda tiveram de rever a programação para a temporada de 2015, que se mostrou desastrosa. Apenas desta forma que as duas partes passaram, de fato, a trabalhar juntas.</p>

<p>“Até este estágio, nós tivemos muitos encontros, revisamos toda a programação e reforçamos, do teste em Jerez e, em particular até o último teste em Barcelona, a cooperação entre McLaren e Honda. Isso estava no contrato, mas deixamos claro que ficaríamos muito mais próximos”, disse Boullier à Autosport.</p>

<p>“Então compreendemos que o plano para a temporada era trabalhar junto, e é basicamente isso que aconteceu. Por causa disso, reforçamos a cooperação entre as duas companhias. Em nível técnico e de engenharia, tivemos grande comunicação e uma boa mistura”, seguiu o dirigente da equipe inglesa.</p>

<p>Apesar das últimas experiências não terem acontecido a tanto tempo, Yasuhira Arai, chefe de automobilismo da Honda, admitiu que a fabricante japonesa pecou pela falta de experiência. O dirigente foi além, reconhecendo que os asiáticos não estavam prontos para as tecnologias atuais da Fórmula 1.</p>

<p>“Nós não tínhamos experiência suficiente sobre a Fórmula 1 atual. Temos muita experiência em outras eras, mas, depois de 2008, nós saímos e a tecnologia mudou dramaticamente. Nós não conseguíamos recuperar, era um grande atraso. Não ter experiência por sete anos nos deixou para trás”, disse Arai.</p>

<p>A pré-temporada da Fórmula 1 terá início no dia 22 de fevereiro, em Barcelona, na Espanha. Já a abertura do campeonato acontece no dia 20 de março, com a realização do Grande Prêmio da Austrália, no circuito de Albert Park, em Melbourne.</p>