Card image
Competições
Matheus Iorio vence em Interlagos na Porsche Cup 3.8

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 21/09/2019
  • Atualizado: 21/09/2019 às 18:47
  • Por: Leonardo Marson

Matheus Iorio venceu neste sábado (21) a corrida de encerramento da quinta etapa do campeonato de corridas curtas da classe 3.8 da Porsche Cup, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto do Porsche número 34 largou da quarta posição, mas assumiu a liderança ainda nos metros iniciais, e seguiu para triunfar pela terceira vez na temporada.

Matheus Iorio
Iorio venceu pela terceira vez na temporada. (Foto: Luca Bassani)

A segunda posição ficou com Felipe Baptista, vencedor das duas primeiras corridas do final de semana, e que completou a prova 2s189 atrás de Iorio. Fran Lara terminou a corrida na terceira posição, e saiu com a vitória entre os competidores da classe GT3. Lucas Salles encerrou a corrida na quarta colocação, enquanto Chico Horta completou o grupo dos cinco primeiros colocados.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Marcelo Tomasoni fechou a corrida na sexta posição, enquanto Zeca Feffer finalizou a prova na sétima posição. Urubatan Helou Júnior, que abandonou a primeira corrida deste sábado, ficou com a oitava posição, ao passo que Nelsinho Monteiro completou com a nona posição. A lista dos dez primeiros na corrida disputada em Interlagos foi completada por Ramon Alcaraz.

LEIA MAIS:
Felipe Baptista segura Enzo Elias e vence na Porsche Cup 3.8

A prova foi marcada ainda por um lance inusitado. A chuva atingiu a região de Interlagos no início da corrida, provocando algumas rodadas. Na segunda volta, a direção de prova acionou o Safety Car, e todos os pilotos foram aos boxes para que os pneus de chuva fossem colocados nos carros. Minutos depois, os pilotos voltaram à pista e a relargada foi autorizada.

Após a disputa da quinta etapa da temporada, o líder do campeonato segue sendo Felipe Baptista, que soma agora 186 pontos, 26 a mais em relação ao segundo colocado, Enzo Elias, que abandonou a segunda prova do dia ainda na largada. Matheus Iorio, com 152, é o terceiro, sendo seguido por Marcelo Tomasoni, quarto com 114, e Fran Lara, que aparece com 104.

A última etapa do campeonato de corridas sprint da Porsche Cup acontece entre os dias 16 e 17 de novembro, novamente em Interlagos, dentro da programação do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.

Confira como foi a corrida

A chuva passou a atingir Interlagos momentos antes da largada. Matheus Iorio tomou a liderança da prova logo nos metros iniciais, depois de largar da quarta posição, e passou a ser seguido por Felipe Baptista, que partiu de oitavo após ter vencido a primeira corrida do dia. Nelson Monteiro pulou para a terceira posição, sendo muito pressionado por Fran Lara e por Zeca Feffer. Enzo Elias se envolveu em um toque e abandonou a prova

Ainda na primeira volta, Cesar Urnhani rodou, abandonando a disputa. A direção de prova acionou o Safety Car na segunda volta, quando Leonardo Sanchez rodou sozinho. No complemento da terceira volta, a direção de prova chamou todos os pilotos aos boxes para que a troca dos pneus slicks para os compostos específicos para chuva fossem colocados nos carros. O relógio, porém, continuou correndo.

Depois da troca de pneus, o Safety Car seguiu na pista por mais duas voltas, e a relargada foi acionada restando pouco mais de oito minutos para o final, com Iorio mantendo a primeira posição, seguido muito de perto por Felipe Baptista. Mais atrás, André Gaidzinski rodou sozinho na subida da Junção, perdendo muitas posições na prova.

Com o passar das voltas, Iorio conseguiu abrir vantagem sobre Baptista, alcançando 1s1 no complemento da oitava volta. Chico Horta passou a ser atacado por Nelsinho Monteiro – que conseguiu a ultrapassagem momentos depois – e por Marcelo Tomasoni, em disputa valendo a quinta posição. No complemento da penúltima volta, Horta recuperou a quinta posição ao superar Monteiro.

Iorio seguiu com uma vantagem segura para vencer em Interlagos, chegando à frente de Baptista e Lara, que terminou com a vitória na classe GT3.