Card image
Competições
Magnussen não era primeira opção da Renault

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 08/02/2016
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:58
  • Por: admin

<p><img alt="Vasseur (terceiro sentado) buscou contratação de Stoffel Vandoorne" height="467" src="/wp-content/uploads/uploads/dcd1603fe211_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Kevin Magnussen não era a primeira opção da Renault para ocupar a vaga aberta por Pastor Maldonado. De acordo com o diretor de corridas da equipe, Frédéric Vasseur, os franceses, que voltam à Fórmula 1 como equipe oficial neste ano, tinha em mente contratar o belga Stoffel Vandoorne, que é ligado à McLaren.</p>

<p><strong>LEIA MAIS:<br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/hamilton-precisa-estar-focado-diz-massa/">“Hamilton precisa estar focado”, diz Massa</a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/ocon-pode-participar-de-treinos-livres/">Ocon pode participar de treinos livres</a><br />
<a href="http://www.motorpress.com.br/racing/formula-1/f1-formula-1/mercedes-e-aprovada-em-crash-test/">Mercedes é aprovada em crash test</a></strong></p>

<p>O interesse de Vasseur em contar com o trabalho de Vandoorne vem desde a última temporada, quando o belga conquistou o título da GP2 pela equipe ART Grand Prix, que tem como proprietário o dirigente da Renault. Ao contrário do que aconteceu com Esteban Ocon, emprestado pela Mercedes ao time francês, o acordo de Stoffel com a equipe de Woking impede qualquer negociação com outro time.</p>

<p>“Com Stoffel, a situação é muito clara. Ele tem contrato com a McLaren e eu realmente acho que ele vai ficar lá no ano que vem.A McLaren está ciente dos resultados e da habilidade dele, então não imagino por um segundo que eles vão deixá-lo partir”, disse Vasseur, em entrevista ao jornal belga Le Derniere Heure.</p>

<p>“Tivemos que esquecer a ideia do Stoffel. Ele tem um contrato lá e eles não querem deixá-lo partir. Nós precisávamos de um piloto que estivesse disponível e, portanto, decidimos por Magnussen”, explicou o dirigente da equipe francesa.</p>

<p>A temporada 2016 da Fórmula 1 terá início no dia 20 de março, com a disputa do Grande Prêmio da Austrália, que será realizado no circuito de Albert Park, em Melbourne.</p>