Card image
Competições
Leclerc domina segundo treino da Fórmula 1 em Monza

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/09/2019
  • Atualizado: 06/09/2019 às 11:36
  • Por: Leonardo Marson

Charles Leclerc foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para o Grande Prêmio da Itália, 14ª etapa da temporada 2019 da Fórmula 1. Na atividade realizada no final da manhã desta sexta-feira (6) no Autódromo Nacional de Monza, o piloto da Ferrari anotou ainda no início da sessão 1min20s978, aproveitando da pista seca para marcar o melhor tempo do dia.

Charles Leclerc
Charles Leclerc liderou as duas sessões do dia em Monza. (Foto: F1)

A segunda posição ficou com Lewis Hamilton, piloto da Mercedes que acabou a sessão apenas 0s068 atrás de Leclerc. Sebastian Vettel, com a outra Ferrari, ficou com a terceira posição, sendo seguido por Valtteri Bottas, quarto com a Mercedes. O grupo dos seis primeiros foi completado pelos dois pilotos da Red Bull, com Max Verstappen à frente de Alexander Albon.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!

Pierre Gasly, com a Toro Rosso, anotou o sétimo tempo com o carro preparado pela Toro Rosso, sendo seguido por Romain Grosjean, oitavo melhor com a Haas. Daniel Ricciardo, pilotando uma Renault, cravou o nono tempo da segunda atividade do final de semana, enquanto Daniil Kvyat, companheiro de Gasly na Toro Rosso, fechou a lista dos dez primeiros.

LEIA MAIS:
Leclerc supera Sainz e lidera primeiro treino na Itália
F1 renova acordo, e GP da Itália está garantido até 2024
Confira a programação para o GP da Itália de F1
Rosberg compara Vettel a Barrichello após ordem de equipe

A sessão foi atípica por conta da chuva que atingiu – ainda que sem tanta força – a região do circuito italiano. Os pilotos optaram por partir à pista de uma vez no início do treino, que chegou a ser interrompido em bandeira vermelha por conta de detritos na pista. Exceção feita aos pilotos da Mercedes, que melhoraram suas marcas, a segunda metade da sessão foi destinada as simulações de corrida.

As atividades da Fórmula 1 em Monza seguem neste sábado (7), quando acontecem o terceiro treino livre do final de semana, marcado para 7h, e a classificação que definirá as posições de largada, às 10h, ambas as sessões com transmissão ao vivo dos canais Sportv. O Grande Prêmio da Itália será disputado no domingo (8), às 10h10, com exibição ao vivo da TV Globo, do GloboEsporte.com e da Rádio Band News FM.

Confira como foi o segundo treino

A atividade no Autódromo Nacional de Monza começou pontualmente às 10h, pelo horário de Brasília, com tempo muito fechado, mas pista seca. Com o risco de a chuva desabar a qualquer momento, todos os pilotos foram à pista rapidamente para registrar tempos. Carlos Sainz foi o primeiro a marcar volta, mas o piloto da McLaren logo foi batido por Valtteri Bottas, que marcou 1min22s847.

Lewis Hamilton tomou a liderança logo na sequência, e depois melhorou o tempo, cravando 1min21s972. Leclerc avançou para a segunda posição, sendo superado pouco depois por Sebastian Vettel, que se colocou 0s303 atrás do tempo obtido pelo líder do campeonato e piloto da Mercedes. Max Verstappen se colocou na terceira colocação com a Red Bull.

A chuva passou a atingir a região do circuito, mas ainda sem molhar a pista ao ponto de atrapalhar os pilotos. Assim, Bottas avançou para a segunda posição, ficando 0s073 distante do tempo de Hamilton. A Ferrari, então, viu Charles Leclerc tomar a primeira colocação ao marcar 1min20s978, marca dois décimos melhor do que Vettel fez na sequência para tomar a segunda posição.

A chuva passou a cair mais forte restando 1h04min para o encerramento do treino. Assim, os pilotos foram aos boxes. Após alguns minutos sem movimentação na pista, a direção de prova acionou a bandeira vermelha por conta de detritos. Restando 46 minutos para o final da sessão, a pista foi liberada, e Hamilton, Bottas, Grosjean, Sainz, Magnussen, Pérez e Stroll foram à pista com pneus slicks, mas enfrentando pista úmida.

Entre todos os pilotos, apenas Lando Norris aparecia sem tempo registrado. A McLaren trabalhava no carro do inglês por conta de um vazamento de óleo do motor. Com as simulações de corrida em andamento, os tempos deixaram de cair, mesmo com a pista seca. Leclerc seguia na liderança, seguido por Vettel, Verstappen, Albon, Hamilton e Bottas.

Depois de passarem nos boxes, a Mercedes viu Hamilton avançar para a segunda posição, 0s068 atrás de Leclerc, enquanto Bottas se colocou em quarto. As simulações de corrida, porém, seguiram, e assim os tempos não melhoraram mais. Melhor para Leclerc, que encerrou a sessão com o melhor tempo.