Card image
Competições
Kubica comemora fim de “período mais difícil da vida”

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/11/2018
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:47
  • Por: Leonardo Marson

Robert Kubica não escondeu a felicidade por retornar ao grid da Fórmula 1. Na manhã desta quinta-feira (22), o polonês, que não corre na categoria desde o final de 2010 por conta de um acidente sofrido em um rali antes da pré-temporada de 2011 ser iniciada, foi anunciado como piloto titular da Williams para o campeonato do ano que vem, e será companheiro de equipe de George Russell.

LEIA MAIS:
Williams confirma Kubica como titular para 2019
McLaren terá layout especial para despedida de Alonso
Confira a programação do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1

O piloto agradeceu por diversas vezes a todos os que o ajudaram a retornar ao grid da principal categoria do automobilismo mundial, e classificou a volta à Fórmula 1 como o final do “período mais difícil da vida nos últimos anos”. O polonês iniciou seu novo projeto no campeonato em 2017, quando testou com Renault e Williams, e neste ano foi piloto de testes do time de Grove neste ano.

“Primeiramente, gostaria de agradecer a todos que me ajudaram durante aquele que foi o período mais difícil da minha vida nos últimos anos. Foi uma jornada desafiadora retornar ao grid da Fórmula 1, mas o que parecia quase impossível é agora o início de uma nova possibilidade, como estou animado por conseguir dizer que estarei no grid em 2019”, disse Kubica.

“Certamente, foi um longo caminho para chegar a este ponto, mas como esse desafio chega ao fim com este anúncio, um novo desafio começa com o trabalho com a Williams na pista. Isso não será fácil, mas com trabalho duro e dedicação, George [Russell] e eu trabalharemos juntos para tentar ajudar a equipe a ter a melhor forma e subir no grid. Este ano foi difícil, mas eu aprendi muito, e gostaria de agradecer Frank e Claire por esta oportunidade”, seguiu o piloto, que vê o retorno à Fórmula 1 como um dos grandes objetivos de vida.

“Voltar ao grid da Fórmula 1 na próxima temporada será um dos maiores objetivos da minha vida, e estou certo de que com trabalho duro e comprometimento, nós conseguiremos ajudar a motivar a equipe a alcançar coisas boas juntos. Agradeço novamente a todos que me apoiaram e acreditaram em mim. Eu finalmente voltarei ao grid, e não posso esperar para voltar a correr”, completou Kubica.

Claire Williams, chefe da equipe inglesa, elogiou seu novo piloto titular. “Estou encantada em anunciar que Robert subirá ao posto de piloto titular para correr com George em 2019. Todos nós da Williams estamos imensamente impressionados com o que ele obteve, e isso é um enorme crédito à sua força de vontade e tenacidade para voltar à Fórmula 1”, disse.

“Durante esta temporada, seu comprometimento com a equipe e o trabalho que realizou nos bastidores foram inabaláveis, e ele se tornou um membro muito respeitado da Williams. Seu nível de determinação é notável de ver, e ele realmente incorpora o espírito de luta da Williams. Com a consistência de Robert subindo a este novo cargo, será um passo importante para nós, já que estamos de olho em retornar à parte da frente do grid”, seguiu a dirigente.

“Também gostaria de agradecer a Lance [Stroll] e Sergey [Sirotkin] pelo trabalho duro no que tem sido uma temporada desafiadora. Desejo aos dois o melhor para suas carreiras”, completou.

Foto: Williams