Card image
Competições
Kartistas se encontram com Fernando Alonso em Interlagos

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 10/11/2018
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:48
  • Por: Leonardo Marson

O sonho de praticamente todo piloto em início de carreira é alcançar a Fórmula 1. E para jovens kartistas, estar próximo de um competidor do maior campeonato do planeta, ainda mais se ele for um bicampeão, é melhor. Foi isso que aconteceu com os irmãos Christian e Nicolas Fliter, que se encontraram com Fernando Alonso nessa sexta-feira (9) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), no primeiro dia de treinos para o Grande Prêmio do Brasil.

LEIA MAIS:
Hülkenberg lamenta tempo perdido após acidente no TL2
Bottas supera Hamilton por 0s003 e lidera TL2 do GP do Brasil
Pietro Fittipaldi é o novo piloto de desenvolvimento da Haas
Verstappen bate Hamilton e lidera TL1 parelho em Interlagos

Os irmãos gêmeos, finalistas da Seletiva Petrobras de Kart neste ano, puderam conversar com o bicampeão mundial e atual piloto da McLaren por aproximadamente 30 minutos, e puderam pegar dicas com Alonso para a sequência da carreira no esporte a motor. O espanhol disse aos dois que o trabalho para pilotar um F1 é semelhante ao de se dirigir um kart.

“Foi muito humilde da parte dele dizer isso, para mostrar que não tem muito segredo: se trabalhar duro e ter humildade, você vai chegar lá”, disse Nicolas, ao ouvir do veterano, que faz suas últimas provas na Fórmula 1, que a diferença do mundial para o kart é a quantidade de pessoas assistindo as corridas.

“Foi um sonho que se realizou. Eu o via [Alonso] na TV desde pequeno, então poder bater esse papo com ele foi incrível!”, disse Christian, que na atual temporada conquistou o vice-campeonato brasileiro de kart Rotax, e a quarta posição no Campeonato Brasileiro de Kart.

Os irmãos Fliter se preparam agora para o próximo desafio no esporte a motor. Os dois disputarão no próximo final de semana a etapa de Cascavel (PR) da Sprint Race. Alonso, por sua vez, buscará um bom resultado em sua penúltima corrida na Fórmula 1.

Foto: divulgação