Card image
Competições
Fraga deixa Maurício para trás e vence a primeira no Velopark

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/09/2019
  • Atualizado: 15/09/2019 às 11:46
  • Por: Leonardo Marson

Felipe Fraga venceu neste domingo (15) a primeira corrida da oitava etapa da temporada da Stock Car, disputada no Velopark, autódromo localizado em Nova Santa Rita (RS). O piloto da Cimed Racing tomou a liderança na sexta volta ao superar o pole position Ricardo Maurício, e então abriu vantagem até pouco depois da rodada de paradas nos boxes, controlando a distância no final para vencer pela primeira vez no ano.

Felipe Fraga
Fraga venceu pela 16ª vez na carreira. (Foto: Bruno Terena)

A segunda colocação ficou com Gabriel Casagrande, piloto da Crown Racing que também se aproveitou da manobra de Fraga sobre Maurício para tomar a segunda posição, relegando o vencedor da Corrida do Milhão e representante da Eurofarma RC ao terceiro lugar. Thiago Camilo, com um carro da Ipiranga Racing, foi o quarto, enquanto Cacá Bueno, da Cimed Racing, completou o grupo dos cinco primeiros.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!

Bruno Baptista foi o sexto com um equipamento preparado pela RCM, se beneficiando de uma punição contra Ricardo Zonta, que cometeu uma infração nos boxes. Rubens Barrichello fechou a corrida com a sétima posição com o equipamento preparado pela Full Time, chegando logo à frente de Julio Campos, da Prati-Donaduzzi. O grupo dos dez primeiros foi completado por Daniel Serra, da Eurofarma RC, e por Max Wilson, da Eurofarma RCM.

A segunda corrida acontece logo mais, ao meio-dia, novamente com transmissão dos canais Sportv.

Confira como foi a corrida

Por conta da primeira curva ter ficado muito estreita após as obras para melhoria da segurança, a largada aconteceu sob bandeira amarela, com os pilotos recebendo bandeira verde apenas no complemento da primeira volta, em fila indiana. Ricardo Maurício manteve a primeira posição, seguido por Felipe Fraga e Gabriel Casagrande no início da prova.

Um pouco mais atrás, Ricardo Zonta fez a ultrapassagem sobre Rubens Barrichello, recuperando a sexta colocação perdida nas voltas iniciais. Na sexta volta, Fraga tomou a liderança de Maurício, tomando a primeira posição na primeira curva após a chicane, e Gabriel Casagrande também deixou o vencedor da Corrida do Milhão no mesmo momento.

Diego Nunes trouxe o carro para os boxes na sexta volta, abandonando a disputa da primeira corrida. Thiago Camilo tomou a quarta posição de Max Wilson na volta oito com uma ultrapassagem na reta oposta, mas o piloto da RCM recuperou a posição no giro seguinte. Um pouco mais atrás, Bruno Baptista pulou para a oitava posição ao deixar para trás Cacá Bueno e Daniel Serra.

Na 11ª volta, Serra buscou a ultrapassagem sobre Cacá, e os dois se tocaram, com o piloto da Cimed Racing tendo que cortar a chicane. Quem se aproveitou foi Átila Abreu, que superou os dois pilotos. No giro seguinte, Zonta voltou a atacar Barrichello, e o piloto da Full Time também precisou cortar a chicane, seguindo à frente do piloto da Shell V-Power.

Fraga abriu 2s5 em relação a Casagrande na 14ª volta, enquanto o piloto da Crown Racing mantinha uma frente tranquila para Maurício. A janela de paradas nos boxes foi aberta minutos depois, com Galid Osman entrando nos boxes para uma troca longa, completando o combustível e trocando os quatro pneus, pensando na segunda corrida do dia.

No grupo da frente, Casagrande e Max foram aos boxes na volta 18, enquanto Fraga foi para a troca de pneus e reabastecimento no giro seguinte, assim como Maurício. Camilo, Barrichello e Cacá foram para a parada na volta 20, ao passo que Zonta fez o pit stop na 21ª passagem. Serra e Campos pararam na volta 22, e Átila, Nelsinho Piquet e Felipe Lapenna encerraram a janela de paradas no giro 23.

Após a rodada de paradas, Fraga voltou à liderança com uma vantagem de 5s3 para Casagrande. O grupo dos cinco primeiros ainda contava com Maurício, Camilo e Cacá. Mais atrás, Max Wilson superou Allam Khodair para assumir a 12ª colocação. Pouco depois, na 30ª volta, Valdeno Brito acabou tocando no carro de Dennis Navarro, e o piloto da Cavaleiro acabou rodando.

Átila Abreu foi aos boxes com problemas no carro da Shell V-Power na volta 32, abandonando a prova com uma quebra no semieixo traseiro. Outro que retornou aos boxes foi Marcos Gomes, que tinha problemas com o carro da KTF Sports. Na frente, Fraga passou a economizar combustível, permitindo a aproximação de Casagrande, mas sem permitir uma manobra de ultrapassagem.

Zonta abriu ataque contra Cacá na abertura da 38ª volta, sem conseguir a ultrapassagem. Um pouco mais na frente, Camilo passou a pressionar Maurício em disputa valendo a terceira posição. A corrida seguiu sem que Zonta e Camilo conseguissem as ultrapassagens, enquanto Felipe Fraga seguiu para vencer pela primeira vez no ano.