Card image
Competições
Com Mercedes, Russell faz melhor tempo dos testes do Bahrein

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 03/04/2019
  • Atualizado: 03/04/2019 às 17:21
  • Por: Leonardo Marson

George Russell foi o piloto mais rápido da quarta-feira (3) de testes da Fórmula 1, realizada no Circuito Internacional do Bahrein, em Sakhir. O piloto, que disputa a temporada deste ano pela Williams, participou da atividade pela Mercedes, completou 101 voltas com o W10, e marcou no melhor de seus giros pelo traçado barenita 1min29s029, três décimos melhor do que o obtido por Max Verstappen no dia anterior. O inglês usou os pneus C5, mais macios entre os desenvolvidos pela Pirelli.

A marca de Russell foi apenas 0s066 mais baixa do que a obtida por Sergio Pérez, segundo colocado com o equipamento da Racing Point. O mexicano, que completou 60 voltas, foi seguido na lista de tempos por Sebastian Vettel, piloto da Ferrari que deu 102 voltas. Carlos Sainz, da McLaren, deu apenas 20 voltas e terminou em quarto com a McLaren, enquanto Daniil Kvyat, da Toro Rosso, foi o quinto e deu 111 voltas.

Mick Schumacher, que depois de andar com a Ferrari na terça-feira, pilotou a Alfa Romeo nesta quarta, fechou 70 voltas, e fez o sexto melhor tempo, sendo seguido por Alexander Albon, da Toro Rosso, na classificação. O tailandês anotou 143 voltas ao longo do dia, e foi seguido por Lance Stroll, que percorreu o circuito barenita por apenas 35 vezes com a Racing Point. Dan Ticktum deu 134 voltas com a Red Bull e foi o nono, enquanto Romain Grosjean, da Haas, fez 86 voltas e ficou com o décimo tempo.

Fernando Alonso voltou à pista nesta quarta-feira, e fez o 11º tempo com a McLaren. O espanhol, que fechou 69 voltas, testou os pneus que estão em desenvolvimento pela Pirelli para a próxima temporada. Pietro Fittipaldi também voltou à pista nesta quarta-feira, deu 48 voltas e ficou com o 12º melhor tempo do dia com a Haas. Lando Norris, da McLaren, Jack Aitken, da Renault, e Nicholas Latifi, da Williams, fecharam a folha de tempos.

A Fórmula 1 agora só se reúne na próxima semana em Xangai, onde acontecerá o Grande Prêmio da China, prova de número mil da história do Mundial.

Foto: Mercedes

Comentários