Card image
Competições
Camilo aparece no fim e lidera TL3 da Stock Car em Cascavel

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 19/10/2019
  • Atualizado: 19/10/2019 às 11:38
  • Por: Leonardo Marson

Thiago Camilo foi o mais rápido do terceiro treino livre para a nona etapa da temporada 2019 da Stock Car, realizado no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). O piloto da Ipiranga Racing aproveitou a última volta na sessão realizada na manhã deste sábado (19) para marcar 1min01s516, melhor tempo do final de semana até o momento, mantendo-se na frente, já que liderou os treinos da sexta-feira no oeste paranaense.

Thiago Camilo
Camilo manteve a Ipiranga Racing na frente nos treinos da Stock Car em Cascavel. (Foto: Duda Bairros)

A segunda colocação ficou com Gabriel Casagrande, piloto da Crown Racing que chegou a pontear a sessão nos instantes finais, mas acabou batido em 0s204 por Camilo. Átila Abreu, da Shell V-Power, ficou com a terceira posição ao final do treinamento, e foi seguido por Max Wilson, piloto mais rápido entre os competidores do primeiro grupo. O piloto da Eurofarma RCM terminou logo à frente de Felipe Lapenna, da Cavaleiro.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Julio Campos, com um carro da Prati-Donaduzzi, terminou a sessão com o sexto melhor tempo, enquanto Denis Navarro, melhor piloto da primeira atividade do final de semana, colocou o segundo carro da Cavaleiro em sétimo. Felipe Fraga foi o oitavo com a Cimed Racing, e Ricardo Zonta, companheiro de Átila na Shell V-Power, foi o nono. A lista dos dez mais rápidos ainda contou com Bruno Baptista, da RCM.

LEIA MAIS:
Camilo lidera treino marcado por chuva em Cascavel
Navarro lidera primeiro treino da Stock Car em Cascavel
Confira a programação para a etapa de Cascavel da Stock Car
Por exame da OAB, piloto perde etapa da Stock Car em Cascavel

Se Camilo e Campos se colocaram entre os dez primeiros, o mesmo não aconteceu com os outros pilotos postulantes ao título da temporada. Daniel Serra, vice-líder do campeonato, acabou na 11ª posição, três postos à frente de Ricardo Maurício, seu companheiro de equipe e líder do campeonato, que foi o 14º. Rubens Barrichello, que rodou durante a sessão, foi apenas o 23º com o carro da Full Time.

O treinamento ainda contou com uma bandeira vermelha provocada por Marcos Gomes. O piloto da KTF Sports, maior vencedor da história da Stock Car em Cascavel, perdeu o controle do carro ao contornar a curva zero ainda no início da atividade para os pilotos do segundo grupo, e acertou uma barreira de pneus. Pouco depois, a equipe conseguiu mandar o campeão de 2015 à pista novamente, e o viu terminar em 15º.

A partir das 13h30 acontece a classificação que definirá as posições de largada para a primeira corrida do final de semana. A atividade contará com transmissão ao vivo do portal GloboEsporte.com. A rodada dupla de Cascavel será disputada a partir das 11h de domingo (20), com transmissão ao vivo dos canais Sportv.

Confira como foi o terceiro treino livre

Grupo 1

A atividade começou debaixo de sol em Cascavel, e com os pilotos partindo à pista tão logo a pista foi liberada. O primeiro a registrar volta rápida foi Felipe Lapenna, piloto da Cavaleiro que marcou 1min02s355, marca que foi batida alguns minutos mais tarde por Cacá Bueno, que baixou a marca do piloto do carro número 117 em 0s045 com o carro da Cimed Racing. Gaetano di Mauro, por sua vez, rodou na curva sete, sem provocar danos ao carro da Shell Helix Ultra.

Lapenna voltou a pontear a sessão quando restavam pouco mais de dez minutos para o final, marcando 1min02s192, marca que foi logo batida pelo líder do campeonato, Ricardo Maurício, representante da Eurofarma RC, e, posteriormente, por Valdeno Brito, que abriu os cinco minutos finais colocando o carro da Prati-Donaduzzi na frente, ao marcar 1min02s002.

Lapenna colocou o carro da Cavaleiro na liderança mais uma vez, quebrando a barreira de 1min02s pela primeira vez na atividade, mas rodou no Bacião, a curva mais veloz do circuito cascavelense. Rubens Barrichello partiu para uma volta rápida, mas perdeu o controle do equipamento da Full Time na curva sete e rodou. Houve tempo ainda para Max Wilson marcar 1min01s888 e terminar na frente com o carro da Eurofarma RCM.

Grupo 2

O grupo dois partiu para a pista tão logo a bandeira verde foi acionada. O primeiro a marcar uma volta rápida foi Daniel Serra, que marcou 1min02s233 com o carro da Eurofarma RC, se colocando na oitava posição. Depois, a bandeira vermelha foi acionada pela primeira vez na atividade por conta de um acidente com Marcos Gomes, que acertou a barreira de pneus da curva zero com o equipamento da KTF.

Alguns minutos depois, a pista foi liberada novamente. Julio Campos tomou a ponta do grupo dois ao marcar 1min02s086, tomando o sétimo posto geral. Pouco depois, a KTF mandou Gomes à pista novamente, já com o carro reparado do acidente que causou a paralisação do treinamento. Com 13 minutos para o final da sessão, Thiago Camilo marcou 1min01s939 com o carro da Ipiranga Racing, avançando ao terceiro lugar.

Camilo melhorou seu tempo na volta seguinte, com 1min01s910, mantendo a ponta no grupo e a terceira posição. Quem melhorou o tempo também foi Serra, que avançou para a oitava posição, tomando o posto de Campos. O piloto da Prati-Donaduzzi, porém, melhorou sua marca, assumindo a quarta posição geral da sessão, e a segunda do grupo dois.

A sessão partiu para os cinco minutos finais com Átila Abreu tomando a liderança do treino com o carro da Shell V-Power, marcando 1min01s839. Pouco depois, Gabriel Casagrande passou a ocupar a ponta da tabela de tempos ao cravar 1min01s720. Com o cronômetro zerado, porém, foi a vez de Thiago Camilo tomar a ponta, desta vez, de forma definitiva, marcando 1min01s516.