Card image
Competições
Após mortes, SuperBike Brasil adia etapa em Interlagos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/05/2019
  • Atualizado: 29/05/2019 às 16:25
  • Por: Leonardo Marson

A organização do SuperBike Brasil anunciou nesta quarta-feira (29) o adiamento da quarta etapa da temporada 2019, marcada para o dia 16 de junho no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Em nota, o campeonato justifica a não realização do evento por conta da necessidade de uma “profunda reflexão e análise do que mais pode ser feito para aumentar a segurança para os pilotos, além das inúmeras ações que já vinham sendo implementadas nos últimos anos”.

SuperBike Brasil
Categoria adiou a etapa após mortes nas duas rodadas anteriores. (Foto: Geraldo Carvalho)

No último domingo (26), o piloto Danilo Berto, da classe SuperBike Extreme, morreu após sofrer um acidente durante o warm up, treino de aquecimento para a corrida que aconteceria horas mais tarde. Segundo relatos, o piloto caiu na curva do Pinheirinho após um highside, sendo atingido pela moto na sequência. Berto foi a segunda vítima fatal em menos de dois meses, já que Maurício Paludete, o “Linguiça”, morreu em abril deste ano, também em evento do SuperBike Brasil.

Após o falecimento de Berto, Honda, Yamaha e Kawasaki anunciaram a suspensão de suas participações na categoria, considerada a maior da América do Sul. A Prefeitura de São Paulo, por sua vez, optou por proibir corridas de moto em Interlagos por um período de 60 dias. Na contramão das marcas e da decisão tomada pelo governo Bruno Covas, Alexandre Barros, que mantém uma equipe no campeonato, anunciou a permanência no grid e a criação de uma comissão de segurança.

Confira o comunicado emitido pela organização do SuperBike Brasil:

A Organização do SuperBike Brasil vem por meio desta comunicação informar que a próxima etapa da temporada 2019, inicialmente marcada para o dia 16 de junho de 2019 no Autódromo de Interlagos – São Paulo está adiada.

O adiamento se dá em razão dos últimos acontecimentos onde a Organização entende ser importante uma profunda reflexão e análise do que mais pode ser feito para aumentar a segurança para os pilotos, além das inúmeras ações que já vinham sendo implementadas nos últimos anos. Tal análise pretende trazer todos os envolvidos na realização das provas, e, a partir daí, apresentar uma agenda propositiva incluindo todas as oportunidades de melhoria, sejam elas inerentes ou não ao escopo de atuação da Organização do SuperBike Brasil. Em breve a Organização emitirá novos comunicados.