Card image
Competições
Albon lidera e bate no primeiro treino do GP do Brasil de F1

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/11/2019
  • Atualizado: 15/11/2019 às 13:42
  • Por: Leonardo Marson

Alexander Albon foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para o Grande Prêmio do Brasil, penúltima etapa da temporada da Fórmula 1. Na atividade realizada com pista molhada e chuva na maior parte do tempo na manhã desta sexta-feira (15) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), o tailandês da Red Bull, marcou 1min16s142 na parte final, usando pneus intermediários para garantir o melhor tempo. O piloto, porém, causou a única bandeira vermelha do treino ao bater quando tinha pneus para pista seca.

Alexander Albon
Albon liderou um treino livre pela primeira vez na carreira. (Foto: F1)

A segunda posição ficou com Valtteri Bottas, piloto da Mercedes que acabou o treinamento com uma marca 0s551 pior em relação a obtida por Albon. Sebastian Vettel, com a Ferrari, cravou o terceiro tempo, sendo seguido por seu companheiro de equipe, Charles Leclerc. A lista dos cinco mais rápidos da sessão ainda contou com Carlos Sainz, da McLaren.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Nico Hülkenberg colocou a Renault na sexta posição na tabela de tempos, sendo seguido por seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo. Pierre Gasly ficou com a oitava melhor marca da atividade com a Toro Rosso, enquanto Daniil Kvyat, com o outro carro do time de Faenza, foi o nono. Lando Norris, da McLaren, completou o grupo dos dez mais velozes da sessão.

LEIA MAIS:
Pilotos relembram legado de Ayrton Senna

Por conta da pista molhada, alguns pilotos optaram por não registrar tempo, casos de Lewis Hamilton, Sergio Pérez e Romain Grosjean. Max Verstappen foi outro que não marcou tempo, mas por ter rodado no S do Senna nos instantes finais da atividade.

A segunda sessão de treinos livres para em Interlagos será realizada ainda nesta sexta-feira, a partir das 15h, e contará com transmissão dos canais Sportv e do portal GloboEsporte.com. O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 será disputado no domingo (17), e também terá exibição ao vivo do canal esportivo e do portal do Grupo Globo, bem como da Rádio Band News FM.

Confira como foi o primeiro treino livre em Interlagos

A primeira sessão de treinos livres para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 começou debaixo de chuva no Autódromo de Interlagos. A temperatura ambiente era de 17°C, enquanto a pista tinha 21°C às 11h. Sebastian Vettel e Charles Leclerc, ambos da Ferrari, foram os primeiros a sair para a pista, mas fizeram apenas voltas de instalação, o que também foi feito por Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, minutos mais tarde.

Romain Grosjean partiu à pista com 16 minutos de atividade, sendo seguido por outros pilotos. O primeiro a registrar tempo foi Carlos Sainz, com 1min23s689, usando pneus de chuva extrema na McLaren. Pouco depois, o espanhol melhorou sua marca para 1min22s149, sendo o único piloto a marcar volta na primeira meia hora da atividade na capital paulista.

Leclerc retornou à pista logo na sequência e melhorou o tempo marcado por Sainz, anotando 1min21s971, usando os pneus intermediários. Com 37 minutos de sessão, Lewis Hamilton foi à pista pela primeira vez no final de semana, assim como Max Verstappen e Alexander Albon, enquanto Leclerc melhorou para 1min21s259, novamente com os compostos verdes.

O monegasco da Ferrari apertou o ritmo e cravou 1min17s285, mais de quatro segundos mais veloz em relação ao segundo colocado, Sainz, na metade do treinamento. Nico Hülkenberg colocou a Renault em segundo, mas ainda distante do tempo de Leclerc. Vettel, por sua vez, aparecia na quarta posição do treinamento, caindo um posto após Ricciardo avançar para terceiro.

Vettel marcou o segundo melhor tempo quando o relógio apontava 50 minutos de treino, enquanto George Russell escapou da pista com a Williams na Junção, retornando segundos mais tarde. Hamilton, por sua vez, deu mais uma volta de instalação com a Mercedes, retornando aos boxes na sequência. Pouco depois, Vettel tomou a liderança da sessão com 1min17s041.

A sessão chegou aos 30 minutos finais sem que os pilotos de Mercedes e Red Bull tivessem registrado tempos. Valtteri Bottas foi para sua primeira volta rápida pouco depois, e marcou 1min16s693 para tomar a primeira colocação. Com 19 minutos para o encerramento do treino, Alexander Albon foi à pista se tornou líder ao cravar 1min16s399 com a Red Bull. O tailandês ainda melhorou para 1min16s142 na volta seguinte.

A sessão ganhou movimentação nos minutos finais, quando Max Verstappen finalmente foi à pista. A Ferrari, por sua vez, mandou Leclerc para a pista com os pneus macios, colocando slicks pela primeira vez no final de semana. Bottas também partiu com pneus para pista seca, mas compostos médios. Apesar disso, o que se viu foi uma pista difícil para estes pilotos. Verstappen rodou no S do Senna.

A sessão foi encerrada com uma bandeira vermelha provocada por Albon, que perdeu o controle da Red Bull quando também usava pneus macios, acertando a barreira de proteção.