Card image
Coluna
Coluna Especial: Pirelli nas pistas de corrida

8 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/07/2020
  • Atualizado: 24/07/2020 às 11:44
  • Por: Venicio Zambeli

O esporte a motor nacional e internacional possui um grande entusiasta há mais de 110 anos: a Pirelli. A fabricante atua em diversas competições ao redor do mundo, desde modalidades regionais e nacionais, como a Stock Car e o SuperBike Brasil, e mundiais, como a Fórmula 1 e o Mundial de Superbike.

 

Texto: Pirelli – Fotos: divulgação Pirelli / Stock Car

 

No Brasil, este envolvimento é liderado por uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais de áreas como engenharia, comercial e marketing, que acompanha toda a temporada, monitorando de perto como os pneus são utilizados, acumulando dados, informações e experiências que resultam em novos produtos com ainda mais tecnologia, segurança e desempenho.

Pirelli
Pirelli: Há mais de 110 anos no esporte a motor, fabricante mantém time de ponta em atuação direta com velocidade no Brasil

 

Das pistas de corrida para ruas e estradas, este trabalho só é possível graças à dedicação de profissionais que amam o que fazem e, nesta coluna, resolvemos dar voz a aqueles que, além do dia a dia no escritório, ainda passam incontáveis fins de semana longe de casa cumprindo a missão de acompanhar in loco o que produzem, garantindo que os pneus sejam utilizados da melhor forma, tudo para produzirem um espetáculo ainda melhor aos fãs do motorsport com uma experiência inesquecível. No fim, este é um trabalho de apaixonados para apaixonados, e o público agradece, com grandes corridas e produtos de máxima qualidade nas ruas como consequência.

Time Pirelli nas pistas: Fabio Magliano, Roberto Ricosti, Rafael Faquineti e Clayton Silva

 

Para este trabalho tão importante, toda equipe possui um líder, e este é Fabio Magliano, Gerente de Produtos Car e Motorsport da Pirelli para a América Latina. Sobre este trabalho, “Fabão”, como é conhecido, fala: “É uma paixão. Trabalhar com motorsport é algo que te coloca a prova imediatamente e, o resultado desta prova para mim, foi motivação, comprometimento e doação. São semanas, (e principalmente fins de semana) de muita responsabilidade e compromisso com a segurança, sempre próximos de muita performance, adrenalina e emoções. As constantes mudanças e evolução das categorias de automobilismo trazem uma dinâmica de adaptação motivante e desafiadora, bem como saber que o nosso trabalho de apoio e suporte em pista é também responsável por essa evolução, é algo de que me orgulho muito. Trabalho com uma equipe maravilhosa, onde todos são apaixonados, aficionados por automobilismo e que cumprem as suas funções com muito comprometimento e responsabilidade. Desenvolver produtos cada vez melhores, com mais performance e segurança, somente é possível graças ao resultado deste trabalho tão importante e essencial feito diretamente com as equipes e pilotos, nos boxes, no pit lane e nas pistas. Ao final de cada treino classificatório, de cada corrida, a sensação de satisfação e dever cumprido é muito gratificante, não importa se foi sob chuva ou sol, sob um frio de 3° ou um calor de 40°!”.

Pirelli
Fabio Magliano (direita), Gerente de Produtos Car e Motorsport da Pirelli para a América Latina, com Carlos Col, da Stock Car

 

Desenvolver o produto é algo constante e de extrema responsabilidade, por isso, a Pirelli sempre destaca Roberto Ricosti, Engenheiro Responsável por Desenvolvimento de Produtos Motorsport da Pirelli para a América Latina, para acompanhar in loco o trabalho. “Falar sobre o meu trabalho e este esporte é bastante gratificante. Sou engenheiro mecânico automobilístico. Por isso, é muito bom poder desenvolver um produto desde o começo e vê-lo sendo utilizado. O processo é longo, com desafios que vão aparecendo em todas as partes, tanto no desenvolvimento inicial, testes e depois na aplicação, quanto nas novas exigências vão aparecendo. Tudo isso nos estimula a produzir algo melhor, o que causa, também, um importante crescimento profissional. Acompanhar todo este processo é uma realização. Eu nunca havia sonhado em trabalhar neste segmento. Porém, ao juntar minha profissão com a minha paixão por carros e tudo que eles transmitem, as forças de aceleração, frenagem, o cheiro da gasolina, o ronco do motor, acaba sendo uma tremenda realização. Eu amo tudo isso. Essa mistura me preenche e motiva, e é extremamente gratificante”.

Pirelli
Roberto Ricosti, Engenheiro Responsável por Desenvolvimento de Produtos Motorsport da Pirelli para a América Latina

 

O envolvimento da Pirelli com motorsport tem como base o seu DNA para o desenvolvimento de novos produtos, mas, é claro, também serve como uma plataforma comercial. De olho neste aspecto, Rafael Faquineti, Coordenador de Motorsport da Pirelli para a América Latina, fala: “O Motorsport foi a área com a qual mais me identifiquei desde os primeiros dias de estagiário na Pirelli, lá em 2013. Pouco tempo depois, tive a oportunidade de encarar o desafio e fazer parte da equipe de competições. Além de uma escola incrível, o esporte a motor me proporcionou amadurecimento pessoal e profissional, muitos aprendizados e grandes conquistas. Fazer parte deste time incrível, deste mundo de competições automobilísticas é extremamente gratificante e prazeroso. #gopirelli”.

Pirelli
Rafael Faquineti, Coordenador de Motorsport da Pirelli para a América Latina

 

Ao lado de Rafael, Clayton Silva, Consultor técnico de Motorsport da Pirelli para a América Latina, completa: Desde criança, sou um apaixonado pelo esporte a motor. Absolutamente, não houve outro esporte que fez com que meu coração disparasse ou que fez meus olhos lacrimejarem. Isso, eu só senti ao me aproximar dos motores, especialmente os de corrida. Os anos passaram, eu cresci, assim como minha vontade de trabalhar com esse mundo das corridas. Obviamente, a necessidade nos faz seguir os caminhos necessários para sobreviver, o que fez com que eu demorasse um pouco para realizar este sonho. Mas a vontade nunca morreu. Muito pelo contrário, não parou de crescer. E não é que a minha vez chegou? A Pirelli me deu essa oportunidade, óbvio que com a ajuda de pessoas que sabiam da minha paixão e tinham confiança em mim. Graças a isso, eu consegui transformar um sonho em realidade. Trabalhar nas pistas faz parte da minha essência, pois todo aquele mundo que envolve os carros, como o ronco dos motores e o som dos pneus, só me mostra o quanto vivo um sonho que busquei realizar. Sou grato por isso. Estar nas pistas no sol ou na chuva é um trabalho árduo que demanda muita responsabilidade, empenho e dedicação, mas é gratificante. Ao primeiro ruído do motor de arranque girando para ligar um motor, tudo se transforma e o sonho se renova”.

Ainda na área comercial, André Silva, Analista de Marketing Produto da Pirelli para a América Latina, revela como passou a ser um fã de automobilismo. ”É algo muito envolvente. Quando você está no autódromo, é possível sentir a adrenalina de estar na pista, de fazer parte das equipes, de conviver com os pilotos e todos os envolvidos. Tudo isso dá uma resposta muito maior ao nosso trabalho diário, não só com o produto em si, mas, também, com as informações que passamos para as equipes, que colaboram com o desempenho e o resultado da corrida. Ver tudo se materializando assim é apaixonante. Eu não gostava tanto assim de automobilismo quando era mais jovem, não cresci com o contato que tenho com o futebol, por exemplo, mas por participar eu fui me envolvendo e me apaixonando pelo esporte. Hoje, eu posso falar que sou um fã de automobilismo porque este trabalho é realmente envolvente”.

Luiz Alves, Roberto Riscoti e Clayton Silva, da Pirelli

 

O segmento de duas rodas exige conhecimento bem diferente e específico, por isso, Luiz Alves, Responsável por Produtos e Competições Duas Rodas da Pirelli para a América Latina, lidera a parte moto da empresa nas pistas. “Acho que a paixão por um esporte não surge de uma hora para outra, vem lá da primeira infância no meu caso. Sempre tive contato com motos e carros desde muito pequeno, graças ao meu pai, tios e avô materno e cresci andando de moto desde os cinco anos de idade, além de acompanhar meus ídolos como o Senna, na F1, e o Rossi, na MotoGP. Fiz engenharia mecânica por conta disso, meu primeiro estágio foi na Pirelli e aqui estou desde então. Passei pelas engenharias de quatro e duas rodas até chegar aonde qualquer aficionado por veículos mais gostaria de estar, a área de competições. Isso traz uma enorme satisfação e responsabilidade, sabendo do quanto fundamental é o pneu para a performance e segurança dos pilotos. O maior prazer no mundo de competições é fazer a diferença, trabalhar junto aos pilotos e equipe, em cada detalhe, vendo a evolução no cronômetro e novos recordes. É o que realmente me mantém com o brilho no olhar”.

Mas nunca este trabalho pode ser feito por apenas uma pessoa, por isso Nathan Baranauskas, Analista de Produto e Treinamento Moto da Pirelli para a América Latina, está sempre ao lado de Luiz Alves nas magrelas: Desde criança sempre fui muito envolvido com o mundo de Motorsports. Dos domingos de F1, em que eu não perdia a transmissão nem quando a corrida era de madrugada, até os campeonatos de kart amador que eu corria com meus primos. Estar profissionalmente nesse ramo é participar de um ambiente que sempre gostei muito. O trabalho é corrido e a pressão é muito grande, mas para quem sempre gostou de corridas, isso nunca foi problema. Sentir que, de alguma maneira, você fez parte daquele décimo de segundo que o piloto buscou, ou daquela ultrapassagem na última volta, é uma emoção incrível. Sem contar que estar em contato tão próximo com pilotos de altíssimo nível nos ajuda muito com a “lição de casa”. Muitas vezes temos feedbacks extremamente precisos e úteis sobre o comportamento do pneu, e podemos usar essas informações no escritório e no desenvolvimento de novos produtos, buscando um aprimoramento cada vez maior do produto e do próprio conhecimento.

Pirelli
Nathan Baranauskas, Analista de Produto e Treinamento Moto da Pirelli para a América Latina

 

Para encerrar, o trabalho de engenharia e comercial é complementado pelo marketing. Por isso, Luiz Ruiz, Analista de Marketing Sr da Pirelli, encerra falando sobre a sua paixão por este trabalho e esporte. “É engraçado falar sobre isso porque eu disponho de todos os clichês deste sentido. Eu sempre fui apaixonado por este esporte, sempre acompanhei a Stock Car, inclusive indo ao autódromo – um fã de corrida como um todo mesmo. Trabalhar em pista hoje é a realização de um sonho, por ter a oportunidade de conhecer pessoalmente as pessoas que eu acompanhava à distância. Ter este contato direto beira o inacreditável. Como sou da área de marketing, meu papel é trabalhar proporcionando a experiência para que os torcedores aproveitem o esporte. O desejo que eu tinha de ter a experiência de chegar perto e conhecer tudo, agora eu posso repassar para outras pessoas. Trabalhar com isso é uma conquista e a realização de um sonho”.

Pirelli
Luiz Ruiz, Analista de Marketing Sr da Pirelli