Card image
Capacete de ouro
Piquet e Drugovich encerram temporada na F3

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 30/09/2019
  • Atualizado: 30/09/2019 às 10:18
  • Por: Leonardo Marson

Os brasileiros Pedro Piquet e Felipe Drugovich encerraram neste final de semana a disputa da temporada 2019 da Fórmula 3, antiga GP3, que realizou a rodada dupla de encerramento do campeonato no Autódromo de Sochi, na Rússia. Os dois pilotos são elegíveis ao Capacete de Ouro, principal premiação do automobilismo nacional, promovida por RACING.

Capacete de Ouro
Pedro Piquet venceu uma corrida na temporada da Fórmula 3. (Foto: FIA Formula 3)

Piquet, que está em seu segundo ano na Fórmula 3, terminou o campeonato na quinta posição, com 98 pontos, e, no Capacete de Ouro, somou 59 pontos ao final da temporada. O piloto da Trident neste ano teve como seu melhor resultado a vitória na primeira corrida da etapa da Bélgica, disputada no circuito de Spa-Francorchamps, e garantiu outros dois pódios, ambos na França, quando teve um segundo e um terceiro.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Drugovich, por sua vez, fez sua primeira temporada na Fórmula 3 Internacional, depois de ser o campeão da EuroFórmula Open em 2018, onde foi altamente dominante. Correndo com a Carlin, o paranaense marcou oito pontos no campeonato, onde terminou com a 16ª colocação. Já na pontuação referente ao prêmio nacional, o piloto somou dez pontos ao longo do ano.

Capacete de Ouro
Felipe Drugovich terminou seu primeiro ano na Fórmula 3 no final de semana. (Foto: FIA Formula 3)

O sistema de pontuação do Capacete de Ouro contempla os dez melhores resultados de cada piloto na temporada. É necessário que competidor e campeonato sejam elegíveis. O vencedor de uma prova ganha dez pontos, o segundo colocado, fatura nove, o terceiro, oito tentos, até o décimo colocado, que soma um ponto na classificação da categoria em disputa.

LEIA MAIS:
Brasileiros fecham temporada da Indy em Laguna Seca

A temporada da Fórmula 3 terminou com o título do russo Robert Shwartzman, russo que defendeu a Prema no campeonato, e somou três vitórias no ano, e 212 pontos, contra 158 de Marcus Armstrong, e 157 de Jehan Daruvala, seus companheiros de equipe.