Card image
Capa da Semana
Verstappen e Red Bull fazem corrida digna de campeões no GP dos EUA

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/10/2021
  • Atualizado: 25/10/2021 às 3:19
  • Por: Venicio Zambeli

Max Verstappen mostrou na prova dos Estados Unidos que está acelerando como um campeão. Após a estratégia arriscada – coisa que a Mercedes decidiu não fazer com Hamilton na corrida passada – e acertada da equipe Red Bull, em adiantar o primeiro pit stop do holandês, a tocada do piloto foi perfeita até a bandeirada.

Verstappen - Touro Indomável
Capa Destaque da Semana RACING – Verstappen: Touro Indomável – Foto: divulgação / Red Bull

Nas voltas finais, Verstappen andou no limite (até além dele, com o carro escorregando em curvas de alta, como disse após a prova), empurrado por Lewis Hamilton, que vinha em segundo lugar e pressionava o rival com um ritmo alucinante.

Verstappen - Touro Indomável
Verstappen e Hamilton andaram no limite no GP dos EUA – Foto: Steve Etherington / divulgação Mercedes

Com o resultado, Max abriu 12 pontos de vantagem para Lewis, restando agora 5 corridas para o término do campeonato.

Verstappen - Touro Indomável
Hamilton largou melhor e tomou a ponta no início da corrida – Foto: LAT Images / divulgação Red Bull
Verstappen - Touro Indomável
A Red Bull arriscou na estratégia dos pit stops com Verstappen e deu certo – Foto: Red Bull / divulgação

 

Veja os depoimentos oficiais dos dois pilotos candidatos ao título após a excelente corrida de ambos nos EUA:

Max Verstappen, equipe Red Bull:

“Foi uma corrida emocionante e é incrível vencer aqui na frente de todos os fãs. A pressão continuou durante toda a corrida e não sabíamos com que rapidez Lewis me alcançaria. Na verdade, achei que tinha tido um começo decente, mas Lewis teve um ainda melhor. Então optamos por uma estratégia agressiva depois de perder a liderança na largada e entramos no box no início da primeira janela de parada. Na metade da corrida, também fizemos o segundo pit stop antes, o que tornou o último período de prova muito longo com os pneus. As duas últimas voltas foram definitivamente difíceis de controlar o carro, não havia muita aderência restante. Mas, no fim, tinha um carro retardatário da equipe Haas à minha frente e pude me beneficiar abrindo a asa móvel (DRS), o que nos ajudou a ganhar velocidade que permitiu conseguirmos aguentar no final e manter a ponta na última volta até a bandeirada. Definitivamente demos tudo de hoje como uma equipe e foi ótimo ter Checo (Sergio Perez, meu companheiro de time), em terceiro lugar lá no pódio comigo”.

Verstappen - Touro Indomável
Comemoração de Verstappen após a prova, que exigiu foco e precisão nas voltas finais – Foto: Red Bull / divulgação

 

Lewis Hamilton, equipe Mercedes:

“Em primeiro lugar, parabéns ao Max, ele fez um trabalho brilhante hoje. E também quero agradecer à incrível
multidão que tivemos em Austin durante todo o fim de semana, foi uma honra nos apresentarmos na frente de arquibancadas tão lotadas e fãs apaixonados. Eu realmente pensei por um momento que poderíamos ser capazes de vencer a corrida, eu dei absolutamente tudo de mim lá na pista. Foi uma corrida muito difícil, mas infelizmente não foi possível conquistá-la. A Red Bull estava em vantagem e não podíamos igualá-los. Parecia que eles tinham um equilíbrio melhor e uma traseira mais estável em seu carro, escapando menos. O início foi obviamente ótimo para nós e conseguimos diminuir a diferença no final, mas entrei no “ar sujo” (turbulância atrás do carro da frente) e os pneus superaqueceram nas últimas voltas. Agradeço a equipe pelos incríveis pit stops e muito trabalho duro no fim de semana. Não nos demos bem desta vez, mas vamos confiantes para o próximo GP.”

Verstappen - Touro Indomável
Poucos viram ao vivo, mas Lewis e Max se cumprimentaram no pódio – Foto: Steve Etherington / divulgação Mercedes

Comentários